Website em múltiplos idiomas: por que e como (Parte 1)



Por   

 31/08/2019 

Atuando desde 2005 com tecnologia e internet, concebendo e desenvolvendo processos de inovação.

Seu website está disponível em mais de um idioma? Pode parecer inútil gastar tempo e recursos para traduzir um website para mais de um idioma, principalmente se seus clientes são todos brasileiros. Neste artigo, porém, veremos o porquê de disponibilizar o site de sua empresa em mais de um idioma e quando fazer isso. Num próximo artigo, veremos como desenvolver um site em mais de um idioma e quais ferramentas podem ser usadas. 

 Exemplo de Website disponível em mais de 800 idiomas

 Exemplo de Website disponível em mais de 800 idiomas

Por que desenvolver um site em vários idiomas

Você já notou que a maioria dos aplicativos lançados para celulares ou tablets estão disponíveis em mais de um idioma, inclusive no português? Isso é reflexo de um pensamento muito mais evoluído do que o que temos no mercado brasileiro – a internacionalização.

Quando uma empresa estrangeira (principalmente no mercado norte-americano, europeu e asiático) lança seu aplicativo, ela não pensa só em seu próprio país – ela pensa em alcançar o mundo! É por isso que você vê tantos aplicativos de outros países dando certo enquanto aqui, aplicativos que fazem a mesma coisa (talvez até melhor) não decolam. Temos a mania de, ao criar um produto, pensarmos somente no nosso mercado. Esse não é o pensamento de empresas que, por exemplo, estão no Vale do Silício. Os aplicativos são lançados em sua primeira versão, no mínimo em 3 idiomas. Lembre-se, o mercado mudou. Seu público não é somente o Brasil, é o mundo. Estamos na era da globalização!

"O mercado mudou. Seu público não é só o Brasil – é o mundo.

Vivemos na era da Globalização!"

O mesmo ocorre em sites. Se você quer ser grande, precisa pensar grande. A maioria dos seus concorrentes brasileiros lançam seus sites em um ou dois idiomas (português e, às vezes, inglês ou espanhol). Você pode fazer diferente, você pode fazer melhor. Imagine você conquistando clientes no exterior, clientes que podem até mesmo pagar-lhe em moedas muito mais valorizadas que o Real, tal como o Dólar, Euro ou Libra!

Além disso, outro argumento importante é: quantos países comercialmente importantes falam o português? Poucos, não é? O Brasil está rodeado por países que falam espanhol. Além disso, os mercados mais importantes falam o Inglês ou Mandarim. Então, que idiomas seriam importantes para meu site? Além do português, a lista abaixo (em ordem de importância) poderá lhe ajudar. É claro, muito dependerá do seu produto e do foco do mesmo, mas já serve para se ter uma base:

  • Inglês;
  • Espanhol;
  • Francês;
  • Alemão;
  • Chinês (Mandarim).

É claro que nem todos os sites precisam ser traduzidos em vários idiomas. Em alguns casos, fazer isso poderia ser muito custoso e trazer poucos resultados.  Então, como saber se seria bom que meu site estivesse disponível em mais de um idioma?

Quando a internacionalização é uma boa ideia

Internacionalizar seu site é uma decisão que precisa ser planejada. Para responder a pergunta do último parágrafo, seria mais fácil definirmos tipos de sites cuja internacionalização (tradução para mais de um idioma) não traria muitos resultados:

  •  Blogs informais: Conteúdos de blogs raramente devem ser traduzidos. A cultura muda de país para país. Dificilmente o que chama a atenção no Brasil chamará a atenção em outros países. O mesmo não se aplica a blogs de tecnologia ou materiais técnicos.
  • Sites de notícias: A menos que boa parte do público da sua cidade seja poliglota, um site de notícias em vários idiomas poderia ser uma perda de tempo e dinheiro. Salvo Agências Internacionais, é claro.

É importante destacar que nem todo o conteúdo do seu site precisa ser traduzido. Você não precisa ter necessariamente uma versão do site para cada idioma. Mesmo assim, poderá definir somente seções mais importantes em mais de um idioma. Falaremos mais sobre isso no próximo artigo, onde veremos como fazer isso, ferramentas que podem ser de ajuda e exemplos de sites em múltiplos idiomas para se inspirar. Até o próximo artigo!

- Escrito originalmente por William Zimmermann.



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!