Como construir uma estratégia de marketing "glocal" para sua imobiliária



Por   

 09/11/2017 

Profissional com mais de 12 anos de experiência, responsável pelas estratégias de marketing dos clientes da Orgânica.

O brasileiro está cada vez mais conectado: os últimos dados divulgados pelo IBGE indicam que temos hoje mais de 103 milhões de usuários de internet no Brasil.

Para as empresas, independente do porte ou segmento de atuação, isso significa que é preciso prestar atenção às oportunidades oferecidas pelas plataformas online. Estamos nos referindo a novas possibilidades de contato com o público e também ao uso de ferramentas e técnicas adequadas para atender às novas dinâmicas do mercado de consumo. Continue a leitura para entender como as imobiliárias podem usar o Marketing Digital para aperfeiçoar os seus processos de prospecção e de fechamento de vendas, otimizando o trabalho da equipe no dia a dia.

Entendendo a Jornada de Compra do seu cliente

Uma das vantagens do marketing online é a possibilidade de atender com mais precisão às necessidades do cliente. Como é possível acompanhar as reações do público, as empresas têm como fazer uma abordagem mais personalizada.

O sucesso obtido pelas estratégias nessa área está baseado em uma ideia bem simples: vamos oferecer a mensagem certa para a pessoa correta, no melhor momento possível. É isso que aumenta as chances de termos um retorno positivo. Para orientar melhor o trabalho, o primeiro passo é ter em mente que o planejamento das ações deve ser feito com base na Jornada do Cliente. O conceito é simples: sabendo em que estágio o consumidor se encontra, podemos concentrar esforços nos clientes mais rentáveis.

Como exemplo, podemos pensar numa ação de Marketing de Conteúdo. A estratégia editorial deve considerar a necessidade de conduzir o cliente por todo o processo de compra. Nesse caso, o primeiro passo, então, é atrair a sua atenção. Cumprido esse objetivo, a meta é fazer a aproximação com a marca. Apenas depois dessa fase é que partiremos para a conversão.

A abordagem correta faz muita diferença para o resultado final. Por exemplo, se a pessoa ainda está nas pesquisas iniciais, não faz sentido apresentar uma oferta de preço. Agora, para quem já se decidiu pela compra, não tem nada a ver receber um material educativo; ele precisa de uma proposta mais efetiva para fechar o negócio.

O comprador de imóveis

Na área imobiliária, podemos indicar 4 etapas bem definidas nesse processo:

  • necessidade de compra;
  • pesquisa pelo imóvel;
  • negociação;
  • fechamento da venda.

Uma diferença importante em relação a outras áreas é que o contato com as imobiliárias geralmente começa na fase de consideração. Ou seja, a pessoa já detectou a necessidade de fazer a compra do imóvel e não precisa ser convencida sobre isso.

Os principais esforços, então, devem ser feitos para convencer a pessoa de que a sua imobiliária tem condições de ajudá-lo a chegar ao imóvel adequado para as suas necessidades, considerando todos os fatores envolvidos nessa compra.

Se interessou no conteúdo e quer continuar a leitura? Então clique no banner abaixo para baixar nosso eBook e aprender tudo sobre como usar o Marketing Digital para aperfeiçoar os seus processos de prospecção e de fechamento de vendas!

Como construir uma estratégia de marketing "glocal" para sua imobiliária



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!