O que é D2C e como isso pode aumentar as vendas de indústrias



Por   

 18/11/2019 

A Nuvemshop é a plataforma de e-commerce líder na América Latina com mais de 30.000 lojas ativas, ideal para marcas que buscam potencializar suas vendas na internet.

O mundo moderno é cheio de siglas. No campo dos negócios, então, não é raro encontrar várias dessas letras combinadas. Algumas das mais comuns no mundo do empreendedor são B2B e B2C. Entretanto, uma terceira sigla vem ganhando espaço, a do D2C.

Mas, antes de descobrir como ela pode ajudar as indústrias, vamos entender um pouco melhor o que significa cada uma dessas siglas:

  • B2B: business to business, ou seja, empresas que vendem produtos ou serviços a outras empresas;
  • B2C: business to consumer, isto é, empresas que vendem produtos ou serviços ao consumidor final;
  • D2C: direct to consumer, o que representa negócios como indústrias, importadoras ou distribuidores que também vendem mercadorias ao consumidor final.

Quando pensamos especificamente em negócios focados na venda a intermediários, por muito tempo a possibilidade de se vender diretamente ao cliente final era pouco viável. Isso porque abrir uma loja especificamente para atender essas pessoas exigiria um investimento muito grande.

Entretanto, com o crescimento do comércio online, o D2C se mostra como uma ótima alternativa para aumentar as vendas de indústrias. Vender pela internet não tem custos tão altos assim, ainda mais para empresas que já têm produtos estabelecidos no mercado.

Dica: Como vender pela internet: os segredos que não contaram para você!

É claro que existem prós e contras em adotar um novo posicionamento para parte da empresa. Entretanto, neste artigo, vamos mostrar algumas das vantagens do D2C, além de como lidar com os pontos negativos dessa mudança.

Está pronto para saber como aumentar suas vendas?

Prós

Expandir seu público

Quando você decide vender direto para o consumidor final, expande seu público. Dessa forma, com mais potenciais clientes, as chances de que você aumente suas vendas cresce.

Entretanto, você deve tomar alguns cuidados. O mais importante deles é identificar, entre os consumidores finais, quem é sua persona. Ou seja, qual o perfil do seu cliente ideal? Você precisa ter essa parte da estratégia para essa nova área muito bem estruturada para que a parte varejista do seu negócio possa prosperar.

Dica: Como identificar o perfil do cliente ideal para meu negócio?

Conhecendo a fundo esse público, você poderá ajustar suas ações para atingir essas pessoas de forma mais efetiva. Isso porque, assim como tem uma forma específica de se comunicar com outras empresas para quem já vende seus produtos, você precisará desenvolver uma maneira de conversar com o consumidor final por meio das suas ações de marketing.

Diminuir a quantidade de intermediários

Quando você decide se tornar um empresa com modelo de venda D2C, facilita o processo para que o produto chegue ao seu destinatário final. Diminuindo a quantidade de intermediários, você pode tornar os preços mais competitivos para os clientes.

Essa vantagem pode ser muito benéfica para uma empresa que está entrando em um novo mercado. Dessa forma, fica mais fácil se estabelecer com um bom volume de vendas!

Facilidade de se vender online

Quando você já possui a estrutura de uma empresa que se propõe a vender para outros negócios, comercializar produtos pela internet, basicamente, vai exigir investimentos nos esforços de marketing digital e para que você crie uma loja virtual.

Quando vai montar o e-commerce, é possível que você opte por contratar um desenvolvedor para criar seu site ou, então, contratar o serviço de uma plataforma, em que você consegue criar sua loja a partir de uma estrutura já existente.

É claro que ter alguém que monte seu e-commerce do zero te trará mais possibilidades de personalização, mas essa opção acaba saindo mais cara e te dá menos autonomia, uma vez que você precisará desse profissional toda vez que precisar fazer alterações.

Hoje em dia, existem boas opções de plataformas de e-commerce. Muitas delas te dão a possibilidade de personalizar os layouts, além de facilitar a integração com meios de pagamento e de envio dos produtos.

Seja qual for sua opção, a parte de montar seu e-commerce será muito mais prática do que se você precisasse abrir uma loja física. Com a estratégia bem alinhada, é possível aumentar consideravelmente as vendas ao incluir o consumidor final como parte do seu público.

Dica: Como realizar vendas pela internet em larga escala?

Contras

Adotar a estratégia de D2C pode ser muito benéfico. Entretanto, também existem alguns pontos negativos. Mas não se preocupe!

Vamos apresentar alguns desses aspectos não tão bons, porém com soluções para que você não tenha problemas. Dessa forma, você já fica conhecendo possíveis dificuldades que venham a surgir e pode trabalhar para evitá-las.

Relação com clientes antigos

Uma primeira dificuldade que pode surgir é o estranhamento de empresas que já sejam suas clientes. Elas podem se sentir atingidas ao enxergarem seu negócio como um concorrente que oferece preços mais competitivos.

Como lidar

Para evitar esse tipo de problema, você deve selecionar muito bem quais produtos vai vender para o consumidor final. É importante que eles não sejam os mesmos que você fornece a outras lojas.

Você pode optar por testar novas mercadorias com esse público do varejo ou, então, artigos de coleções passadas, por exemplo. Nesse modelo, você seria uma espécie de outlet — o que pode atrair a atenção dos novos clientes finais sem incomodar as empresas para quem você já vendia anteriormente.

De qualquer forma, é uma boa ideia comunicar aos seus antigos clientes que você também pretende começar a vender ao consumidor final e em que termos fará isso. Assim, você evita mal entendidos.

Parte burocrática

Outro ponto importante a se prestar atenção quando a estratégia D2C for adotada é em relação à documentação da empresa. Pode ser que o contrato não permita determinados tipos de negócio.

Como lidar

Caso seu contrato social limite seus negócios, pode ser preciso que você faça alterações ou então crie um novo CNPJ para atuar como varejista. Portanto, leia com atenção seus documentos antes de fazer qualquer mudança no seu negócio. Assim, você evita possíveis penalizações.

Estrutura da empresa

Ao decidir vender para um público diferente, é possível que você precise fazer algumas mudanças na estrutura da empresa. Pode ser que precise organizar seu estoque de outra forma ou que veja a necessidade de criar uma área de atendimento a esses novos clientes.

Como lidar

O primeiro passo é identificar quais estruturas você vai precisar alterar. Por exemplo, observe se você vai precisar de estoques separados para cada parte do negócio ou se apenas um controle rígido dará conta da organização.

Para as entregas, considere que você precisará levar quantidades menores de produtos para mais lugares, uma vez que cada cliente vai querer receber o produto em casa. Logo, é possível que você precise encontrar outros meios de envio.

Além disso, como os clientes finais podem precisar trocar as mercadorias. Por isso, você vai precisar estruturar um processo de logística reversa para essa nova área.

Esses são apenas alguns exemplos de estruturas que você pode precisar alterar. Por isso, é importante avaliar cada área afetada e considerar possíveis modificações para que sua empresa possa adotar o modelo D2C de forma segura.

Conclusão

O modelo D2C pode ser um grande aliado na hora de aumentar as vendas. Tomando alguns cuidados, é possível ter muito sucesso sem influenciar o ramo em que você já está estabelecido.

Seja pela facilidade de vender online ou pela possibilidade de se tornar um lojista com preços competitivos, ter o consumidor final como um dos seus focos pode ser uma forma de fazer sua receita crescer sem que você precise diminuir custos!

Informações da autora

Victoria Salemi é a editora responsável pelas parcerias de conteúdo da Nuvemshop, a maior plataforma de comércio digital da América Latina, com mais de 30 mil lojas ativas. Formada em Jornalismo, ama escrever e tornar assuntos complicados acessíveis a todos!

 

 
 


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!