Guilherme de Bortoli explica o que é o Natural Marketing



Por   

 28/04/2020 

Com 18 anos de experiência, é especialista em estratégias digitais, do marketing ao software.

Olá, meu nome é Guilherme de Bortoli e estou aqui para compartilhar com você uma descoberta incrível que fiz ao atuar como diretor de estratégia aqui da Orgânica, e que está auxiliando nossos clientes a alcançar de maneira mais eficiente seus objetivos, o Natural Marketing.

Mas antes de entrar no assunto, vamos entender um pouco do contexto. Trabalho com marketing desde 2006 e durante todo esse período tenho visto as dificuldades pelas quais as empresas passam na hora de se conectar com sua audiência.

Estabelecer um relacionamento de lealdade entre marcas e indivíduos é um desafio constante e pode decidir vários embates entre concorrentes do mercado. Por isso, existe a necessidade de entender as novas estratégias, sendo que a bola da vez é, com certeza, o Natural Marketing. Entenda mais a seguir!

Qual o conceito atual de Marketing?

Quando você pensa em marketing, qual a primeira coisa que vem a sua mente? Vou arriscar: anúncios! Acertei? Bom, como usuário de internet, você já deve ter percebido que a quantidade de publicidade desse tipo em sites e redes sociais está um tanto quanto saturada.

O número de anúncios é tão grande que boa parte da audiência já não presta atenção nessas peças, ignorando-as e, às vezes, até se sentindo incomodado, o que cria um sentimento negativo em relação à marca.

Além disso, temos outro grande problema envolvido com essa maneira de pensar o marketing: o custo de utilizar determinadas ferramentas e a demanda de investimentos para anunciar em redes sociais e disputar palavras-chave vem aumentando e muito.

Isso impede que as pequenas empresas possam competir diretamente com as grandes corporações, que acabam tendo um orçamento muito maior para investir nos anúncios e conquistar um grande espaço dentro das plataformas.

Alie isso ao fato de que boa parte das agências de marketing está apenas entregando soluções com pouco potencial ou sem nenhum tipo de impacto real para as empresas e temos exatamente o cenário em que vivemos hoje.

A maioria das ações de marketing é realizada apenas porque existe um consenso de que traz um determinado resultado, mas não existe um propósito real ou uma estratégia bem definida que explique a sua aplicação.

O que é Natural Marketing?

Bom, você já tem uma ideia agora, como eu tive, sobre como está o contexto atual do marketing no mercado e as dificuldades que boa parte das empresas está enfrentando, então qual é a epifania que eu e o restante da equipe da Orgânica tivemos? Descobrimos o Natural Marketing.

A primeira pergunta que você deve se fazer é: sua empresa quer apenas vender produtos e serviços ou sua ambição é ocupar um espaço no coração de seus clientes?

Caso a primeira opção esteja de acordo com o que você almeja, basta continuar investindo em ações simples de publicidade e comprando anúncios. Caso contrário, você tem que conhecer o Natural Marketing.

Esse conceito se trata de entender o que é preciso para se conectar com as pessoas e deixar de utilizar as ferramentas apenas porque são necessárias para a promoção do negócio. É a compreensão de quem são seus reais consumidores e o que é importante para eles.

Podemos dizer que o Natural Marketing é a utilização das forças e vantagens naturais do seu negócio como principais estratégias de marketing para promovê-lo, conectando-se com o público e criando relacionamentos reais.

Caso a sua empresa desaparecesse hoje, seus clientes sentiriam falta de seus produtos e serviços? Ou eles apenas substituiriam suas soluções por algo semelhante? O pulo do gato do Natural Marketing é ocupar um espaço no coração da audiência, tornando-se uma lovebrand.

Conheça a história do Natural Marketing:

 

Como utilizar o Natural Marketing para conectar marcas e pessoas?

A utilização do Natural Marketing tem um segredo, e eu e a equipe da Orgânica descobrimos isso ao analisarmos exemplos das empresas que mais cresciam dentro dos nichos de nossos clientes.

O que encontramos foi um propósito. Independentemente do tamanho e mercado de atuação desses negócios, todas elas tinham em comum um objetivo claro: melhorar o mundo dentro de seus nichos.

Aprendemos que se importar importa! E muito! Essas empresas têm um propósito genuíno e buscam conquistar cada um de seus clientes de forma individual.

Com isso, desenvolvemos aqui na Orgânica uma estratégia chamada pirâmide do crescimento. Com ela, analisamos primeiro a estratégia organizacional da empresa, para depois montar o marketing estratégico, seguindo de forma natural (olha aqui o Natural Marketing) o propósito da organização.

Nós aplicamos esse nome, Natural, pois quando a empresa age de forma natural, se portando como são as pessoas dentro dela diariamente, ela encontra "na rua" pessoas que se identificam com aquele propósito e aquele jeito de ser.

Essa atitude é capaz de gerar uma legião de fãs, que também geram mais valor para a marca, trabalhando como evangelistas e captando uma maior audiência para a sua empresa. É o que chamamos de comunidade.

Quais os principais exemplos de Natural Marketing?

Eu creio que durante esta jornada que fizemos sobre o Natural Marketing, desde como eu descobri seus valores até sua real implantação, você já se convenceu do valor dessa estratégia, porém, para finalizar este post, eu separei alguns exemplos muito legais disso na vida real. Com certeza você deve conhecer algumas dessas empresas.

Netflix

Surgindo como uma plataforma de entretenimento inovadora, com o objetivo de entregar qualidade e custo baixo, a Netflix está entre as marcas mais amadas da atualidade. O segredo está em buscar agradar a sua audiência e trabalhar pesado na interação nas redes sociais. Seu foco são os mais jovens.

Harley Davidson

Mesmo quem não se interessa por motos já teve o sonho de andar em uma Harley Davidson em uma viagem no meio do nada. A empresa conseguiu o feito de aliar a sua marca com uma sensação de liberdade, o que é capaz de despertar sentimentos positivos em sua audiência.

Chilli Beans

A Chilli Beans é um exemplo de empresa brasileira com uma ótima estratégia de Natural Marketing. Ao se fazer presente em qualquer local, seus funcionários, produtos e estilo refletem bem o posicionamento da marca, fazendo com que seu público se identifique rapidamente. Tenho a certeza de que mesmo que você nunca tenha comprado lá, sabe onde ficam todas as lojas da empresa em sua cidade.

A estratégia de Natural Marketing tem crescido muito nos últimos tempos e isso está acontecendo porque, assim como eu, muitos outros profissionais já descobriram que não basta aplicar ferramentas, é preciso construir um propósito e aplicá-lo.

Caso você queira saber mais sobre o assunto, entre em contato comigo e nossa equipe na Orgânica Digital!



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!