O que são love brands e o que você pode aprender com elas


O que são love brands e o que você pode aprender com elas

Afinal, o que faz um consumidor optar por uma ou outra marca? O público de hoje é extremamente exigente com as empresas, e isso vai muito além de preço. Portanto, para realmente entender a resposta a essa pergunta, precisamos estudar as love brands.

Talvez você ainda não conheça o conceito pelo nome, mas tenho certeza de que é fã de uma, ou até de algumas marcas. Então, acompanhe este post e veja o que são love brands e o que é possível aprender com elas!

Qual é o conceito das love brands?

Esse é um termo utilizado para tratar das marcas que transcendem a relação tradicional de empresa/cliente. Elas se importam profundamente com os seus públicos e têm propósitos muito bem definidos, trabalhando seus valores em cada contato, em cada relação.

A Netflix é um grande exemplo. A empresa de streaming atua mundialmente, mas qualquer pessoa que entra em sua plataforma encontra um ambiente personalizado, com a página inicial exibindo filmes e séries mais direcionados para o seu gosto. Ou seja, é como se o produto/serviço fosse feito especialmente para você!

Mas o seu caso não para por aí. Com certeza, quem acompanha o perfil oficial da Netflix nas redes sociais já se divertiu bastante. Com uma comunicação bem afetiva e envolvente, o perfil consegue gerar uma empatia grande, justamente porque trata o público com muita atenção e respeito.

Dica: Como fazer o planejamento de comunicação da sua empresa

Todas essas ações são o que define as love brands, refletindo na formação não só de clientes verdadeiros, mas de fãs da marca. Quem utiliza suas soluções faz indicações para novos usuários, defende a marca sempre que necessário, divulga comentários positivos e, é claro, gera renda recorrente para a empresa.

Quais marcas são consideradas love brands?

Além da Netflix, temos vários bons exemplos atualmente. Um deles é a Nubank, outra empresa que vem encantando o seu público cada vez mais. Com uma linguagem direta, objetiva e verdadeira, a marca já se tornou um ícone no mercado financeiro.

Seu propósito é muito claro: acabar com a burocracia e a complexidade por meio de soluções simples, seguras e digitais. Além disso, diferentemente de outros bancos, o serviço oferecido traz diversos benefícios ao seu público, como anuidade zero e parcelamentos sem juros — tudo o que justifica o seu posicionamento no mercado.

Outra das marcas mais emblemáticas a ser considerada como uma love brand é a Harley Davidson. A empresa possui motocicletas conhecidas em todo o mundo, mas o que ela gera é muito maior do que isso: tornou-se um modo de vida, uma cultura de liberdade e aventura sobre duas rodas. Ter uma Harley, hoje, não é só adquirir um produto, mas fazer parte de uma comunidade muito desejada.

Dica: Redes sociais para empresas: em qual devo investir?

Para finalizar, um exemplo no Brasil: a Chilli Beans. Líder no mercado de óculos na América Latina, a marca é conhecida mundialmente pela sua cultura. Seus valores estão espalhados em cada loja, e cada produto possui uma história por trás, que faz com que o público se envolva e se apaixone.

O que se pode aprender com essas marcas?

Agora que você já sabe o que significa o termo love brands e conferiu alguns exemplos, vamos analisar o que podemos aprender com elas.

Invista no atendimento ao seu cliente

Para criar uma love brand é essencial pensar no seu cliente, atendê-lo com perfeição. Isso inclui investir no atendimento ao seu público — mas não o confunda com aquele velho SAC por telefone.

Hoje, as empresas precisam estar presentes em diversos canais de comunicação, seja as redes sociais, seja o chat on-line, seja e-mail, telefone, aplicativos de mensagens, entre outros. Além disso, a ideia do Customer Success — um setor cada vez mais importante em um negócio — tem justamente o objetivo de garantirsucesso dos clientes de forma ativa e preventiva. Então, não espere o seu público entrar em contato para levantar um problema!

Utilize as redes sociais para estreitar seus relacionamentos

Já que falamos em abrir canais de comunicação com os clientes, vale ressaltarmos aqui a importância das redes sociais. Facebook, LinkedIn, Instagram, Twitter e outras têm um papel muito maior do que, simplesmente, entreter as pessoas: elas servem para as empresas estreitarem os seus relacionamentos, com uma comunicação próxima.

Dica: O que é CRM e por que ele é essencial para o relacionamento com os clientes?

A Netflix, como citamos, utiliza suas redes para tirar dúvidas, sugerir filmes ou séries e, mais importante, manter-se presente na vida do seu público. Tome essas ações como referência para a sua empresa!

Tenha muito cuidado e carinho com a experiência gerada

Como você acha que é a experiência gerada por uma love brand? Na verdade, vai muito além do momento da compra — ela começa já nos primeiros contatos com a marca.

A Coca-Cola, por exemplo, investe na ideia de que os seus produtos acompanham momentos de felicidade, em família. Assim, os fãs da marca não abrem mão da bebida quando há um momento de confraternização. É como se aquela marca fizesse parte da cultura, entende?

Estruture boas estratégias de marketing

Além do que vimos até aqui, há outra lição importante: love brands estruturam boas estratégias de marketing! Suas ações são sempre condizentes com a cultura e os valores da empresa. Você não verá, por exemplo, um anúncio da Chilli Beans com modelos sérios, presos em padrões tradicionais. Isso porque ela explora a moda, a liberdade.

Ações invasivas, vendedores insistentes e preocupados somente com números certamente não conseguirão ajudar a sua marca a se tornar uma love brand. Então, se quer encantar os seus clientes, atender as suas necessidades e se mostrar como uma referência no mercado, você precisa investir em estratégias de marketing que gerem uma boa experiência!

Descubra como fazer um plano de Marketing Digital para a sua empresa baixando nosso e-book gratuito no banner abaixo!

Como fazer um plano de marketing em sua empresa

Enfim, vimos neste artigo que as love brands são marcas que se importam totalmente com seu público, pensando em diversos pontos de interação e sempre gerando ótimas experiências. Essas empresas geram uma legião de fãs — que, além de realizar compras frequentes e recorrentes, compartilham sua satisfação nas diversas redes de comunicação, atraindo novos negócios e gerando valor agregado à marca.

Então, gostou deste conteúdo? Agora, aproveite para assinar a nossa newsletter e fique sempre atualizado com novos conhecimentos!




Por
03/04/2019

Empreendedor, apaixonado por tecnologia, marketing digital e inovação. Um resolvedor de problemas complexos.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!