Como perdi 5 mil reais com meu blog!



Por   

 31/10/2016 

Ex-analista de conteúdo na Orgânica.

Como perdi 5 mil reais com meu blog!

No dia 31/08/2011 (data escolhida estrategicamente por lembrar a palavra Blog - 3108) a revista Super Interessante na sua versão web, publicou um post para comemorar o dia da Blogosfera, falando sobre os 5 primeiros Blogs da internet.

Neste post vemos que o primeiro blog é 1994 e o quinto de 1997, nos dias de hoje essa distância de tempo se equivale a praticamente séculos, levando em consideração que atualmente existem mais de 200 milhões de blogs criados e lançados na internet, número esse, que vem crescendo diariamente.

Se você quer saber como iniciar uma vida de blogueiro sendo totalmente leigo, você está no lugar certo, pois vou compartilhar com você minhas experiências como iniciante nesse universo.

Veja o que será abordado neste post:

  • Quero ter um Blog
    • Trabalhar pouco e ganhar muito dinheiro
  • Criando meu primeiro blog
    • Domínio
    • Plataforma
    • Hospedagem
  • Qual plataforma usar?
    • Blogger
    • Wordpress
    • Wix
  • Buscando conhecimento
  • Conclusão

Quero ter um Blog 

A decisão de criar um blog para compartilhar meus conhecimentos na área de beleza (sim, você leu certo, na área de beleza), começou em junho de 2013, mas só em dezembro, do mesmo ano, que ele foi ao ar. Desde então, o caminho que venho trilhando, me trouxe muitas frustrações, até que eu conseguisse encontrar o melhor para meu blog.

Provavelmente você já ouviu dizer que, melhor é aprender com os erros dos outros e não repeti-los.

Por isso hoje vou contar alguns erros que cometi, para que você não os repita.

Trabalhar pouco e ganhar muito dinheiro

Hoje em dia a maioria das pessoas que querem se tornar blogueiros, pensam que essa é uma das formas mais fáceis de ganhar dinheiro sem muito esforço.

Se você é uma dessas pessoas, desculpe lhe desapontar, mas você está completamente enganado!

Para ter um blog de sucesso é preciso ter disciplina, conhecimento pelos assuntos abordados e muito amor pelo que faz.

Dica: Passo a passo para criar um blog de sucesso! 

Criando meu primeiro Blog

Blogs surgiram como sites pessoais, e atualmente, são uma importante ferramenta de marketing para empresas e profissionais liberais, onde são compartilhadas experiências, conhecimentos e informações através de conteúdos em:

Para criar um blog do zero, você precisa saber também como funciona a parte mais técnica, como:

  • Domínio
  • Plataforma
  • Hospedagem

Como a minha intenção é falar de uma maneira mais direta e objetiva para quem está interessado em fazer parte da blogosfera e não possui nenhum conhecimento técnico, eu tentarei ser o mais objetiva possível. 

E se - assim como eu há 4 anos atrás - você não sabe o que são nenhum dos itens citados acima, continue lendo!

Domínio

O domínio é o endereço do seu blog na internet. Quando alguém digita www.onomedoseublog.com.br, por exemplo, e encontra o seu blog. 

Para que as pessoas encontrem seu blog com mais facilidade, quando você for registrar o seu domínio você precisa se certificar que o nome do seu blog é, o mais próximo possível do seu domínio. Isso pode parecer óbvio, mas domínios não podem ser repetidos, e, você pode escolher um nome que talvez já tenha sido registrado. Preste atenção nisso!

Como você pode ver na imagem abaixo, o domínio do nosso blog leva o mesmo nome da empresa. O que facilita ao leitor na hora de fazer a busca.

Plataforma

A plataforma é o ambiente onde o seu blog tomará forma, por assim dizer. É nela que você escolherá as cores, as abas, a organização e distribuição das imagens do seu blog e, é claro, onde você irá colocar o seu conteúdo

Continue lendo o texto para saber sobre algumas das opções de plataforma que o mercado oferece, qual eu indico e qual eu não indico para você.

Hospedagem

De forma clara e simples, imagine a hospedagem como um computador que guarda o seu blog e todo o seu conteúdo, mantendo-o no ar para que qualquer pessoa possa chegar até ele a qualquer momento.

Qual plataforma usar?

Existem várias plataformas disponíveis no mercado para você escolher, mas eu vou citar apenas algumas.

Blogger

O Blogger é a plataforma de blogs do Google. Super simples e fácil de usar, foi a primeira plataforma de muitos blogueiros e blogueiras, inclusive minha.

Mas mesmo sendo simples, grátis e tão bem indexada nos mecanismo de busca (o que já era de se esperar), ela tem algumas desvantagens.

Os layouts não são profissionais, e para deixá- los menos amadores é necessário mexer na sua programação, porém se você é leigo quando o assunto é HTML, você terá que parar e aprender sobre, ou pagar alguém para fazer essa melhoria.

No meu caso, perdi um bom tempo da vida pesquisando n maneiras de deixar o meu blog menos tosco e, por fim, migrei de plataforma.

Wordpress

O Wordpress tem duas versões: a gratuita e paga: 

  • A versão gratuita:

Pode ser usada na versão online (que eu testei), onde seu domínio é bem ruim = ex: www.onomedoseublog.wordpress.com, ou na versão mais comum, onde você pode fazer o download do Wordpress. 

  • A versão paga:

Sinceramente, não sei falar de grandes benefícios da versão paga, a não ser, mais opções de templates e um domínio decente. Pois não usei a versão paga, já que a plataforma não foi boa o suficiente para me convencer a usá-la.

Mesmo assim, Wordpress é a plataforma queridinha de muitos, mas não a minha. Mas não briguem comigo por eu não gostar, pois eu tentei, e não foi só uma vez, foram várias tentativas de me adaptar, as quais resultaram em frustração.

Assim como no Blogger, para que você tenha um blog com uma “cara profissional”, os templates oferecidos pela plataforma do Wordpress precisam de ajustes na programação e, para melhorar ainda mais, instalação de plugins.

Mas lembre-se, estamos falando de pessoas sem conhecimentos técnicos que só querem ter um blog.

Se você está de alguma forma se identificando, continue a leitura que eu lhe mostrarei que nem tudo está perdido!

Wix

O Wix é uma plataforma que está tomando força entre os leigos, isso porque a plataforma é bem intuitiva, fácil de mexer, com vasta opção de templates prontos e super fácil para criar um template do zero.

Assim como Wordpress, o Wix também tem sua versão gratuita e sua versão paga.

Você deve estar pensando - nossa que incrível, eu quero usar essa plataforma!

Eu sei, essa plataforma parece ideal para o seu blog, eu também pensei isso. E fui mais além, depois de não conseguir alcançar meus objetivos nas plataformas anteriores, eu fui seduzida pelo Wix, e acabei adquirindo a versão paga. 

Mas não se anime tanto, pois nem tudo são flores.

Dica: 4 sintomas de que o site da sua empresa foi mal feito

Ter um blog ou um site no Wix é como ter uma loja linda, com produtos incríveis (se seu conteúdo for de qualidade obviamente), porém sem clientes

Veja abaixo porque: 

  • Demorado

O Wix é uma plataforma que embora tentadora, é muito pesada, deixando assim seu blog demorado para carregar. Isso acaba afetando o acesso do usuário, levando o blog a um nível muito alto de chances do visitante nem carregar a página, e ir embora.

  • Indexação

Antes de mais nada, você precisa entender o quão importante é a indexação para o seu blog. Para que seu blog seja visto nos mecanismos de busca como o Google por exemplo, ele precisa ser reconhecido primeiro. Por alguns motivos na programação do Wix, o Google não consegue reconhecer os blogs e sites da plataforma.

Entenda melhor com o vídeo abaixo:

Buscando conhecimento

Uma coisa que poucas pessoas fazem quando decidem ter um blog, mesmo que um blog corporativo, é procurar entender como funciona o marketing digital e o marketing de conteúdo. Felizmente, esse não foi o meu caso, e um blog que começou apenas como um hobbie, hoje é um projeto bem maior, ainda em fase de desenvolvimento, porém com objetivos de alcançar resultados.

Se pararmos para analisar, nenhum blog, por menor que seja, é criado para não alcançar resultados, mesmo que seu objetivo seja somente mostrar seu conteúdo, sem nenhum retorno financeiro, você tem um objetivo a ser alcançado.

Ser blogueiro é um trabalho sério. Para que o blogueiro seja reconhecido no mercado, são inúmeras horas diárias de dedicação para criar conteúdos relevantes para o seu público, e investimento, lembre-se disso!

Com a minha busca pessoal para melhorar o posicionamento do meu blog, acabei me envolvendo bastante com o universo do marketing digital, e isso mudou muito a minha visão em relação ao meu blog. 

O que antes eu achava que era prioridade, hoje eu vejo que não é tão prioridade assim. Como eu disse anteriormente, ter um blog lindo, com uma plataforma fácil de mexer e sem indexação, ou ter um blog bem indexado, porém de difícil usabilidade, acabam se tornando blogs sem resultado positivo para o blogueiro.

Conclusão

Agora você deve estar pensando - Ok, mas eu não tenho dinheiro para contratar uma empresa especializada, o que eu faço?

Pensando em pessoas como você, que querem ter um blog fácil de usar, bonito, e que seja bem indexado, é que eu fiz esse texto. 

Calculando por cima, no decorrer dos últimos anos, meu investimento (sem retorno) no blog, foi de aproximadamente R$5.000,00.

Com certeza você não quer desperdiçar seu tempo, seu dinheiro e a sua energia com algo que não vai te levar a lugar nenhum. Então siga meu conselho de antes, aprenda com os erros dos outros e não os repita.

Não são somente as pessoas leigas que passam por problemas com a usabilidade de plataformas, agências como nós também passam por isso…

Pensando nisso, desenvolvemos uma plataforma com foco em resultado. Nela desenvolvemos nossos blogs e sites, assim como os dos nossos clientes.

Invista em algo certeiro, garanta a qualidade do seu blog, e não em dores de cabeça e desperdício. Escolha especialistas!

Espero que este post tenha lhe ajudado a entender que sim, às vezes o barato sai caro, e que procrastinar a contratação de especialistas não é uma boa ideia!

Tenha um blog e comece atrair mais clientes 

Se você passou por algo parecido, ou deseja não passar pelos perrengues que passei, compartilhe conosco nos comentários.



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!