Saiba como vender mais usando o copywriting na produção de conteúdo


Saiba como vender mais usando o copywriting na produção de conteúdo

O copywriting é a arte e a técnica de escrever textos altamente persuasivos, que convencem o leitor a realizar uma determinada ação. Usar de forma adequada o copywriting na produção de conteúdo tem sido um ponto alto para quem trabalha com marketing digital e deseja alavancar suas vendas.

A principal característica desse tipo de texto é usar uma chamada para ação (ou CTA, do inglês call to action). Ela pode ser clicar em um link para o seu blog ou site, assinar uma newsletter e até mesmo comprar um produto ou contratar um serviço.

Porém, é de suma importância ressaltar que, tão importante quanto as palavras sedutoras do seu texto, é a qualidade do conteúdo que você está publicando.

Bom, é justamente isso que vamos abordar neste artigo. Acompanhe!

Como funciona o copywriting na produção de conteúdo?

Não importa o tamanho da crise pela qual passa uma nação, se há algo que nunca vai deixar de existir, especialmente nesta era da internet, é a constante busca por informação. O marketing de conteúdo pode ser a solução para salvar o seu negócio. As pessoas são ávidas por informação, e apresentar um conteúdo relevante, que realmente satisfaça à necessidade imediata daquele leitor, é o primeiro passo para que seu negócio tome forma na mente das pessoas.

Pense em você mesmo. Quantas vezes você buscou por alguma informação na internet e caiu em algum blog ou site que trazia exatamente aquilo pelo que procurava? Você deve pensar: “Nossa, este blog parece muito interessante, vou salvá-lo nos meus favoritos”. Quantos e-books você já baixou com informações valiosas, vídeos a que assistiu, além de podcasts e infográficos?

No entanto, estamos a falar de negócios. E negócios precisam fazer dinheiro, gerar lucro. Não basta criar um bom conteúdo, ter um ótimo tráfego se seu site ou blog não trouxer um centavo de retorno.

Dica: Por que investir em marketing de conteúdo para vencer a crise?

É aqui que entra a técnica do copywriting. E a primeira dica que damos é: invista um tempo trabalhando o seu título!

Por que devo trabalhar bem o título do conteúdo?

No copywriting, usamos muito a palavra inglesa headline. Ela pode ser um título, uma manchete, um cabeçalho ou até mesmo um slogan.

Muitas pessoas ignoram o título do conteúdo que produzem, acreditando que a qualidade dele já basta. Portanto, novamente a pergunta: para que serve o seu título? Simplesmente para despertar no leitor o desejo de ler a primeira sentença do que você escreveu — ou de apertar o play para assistir ao seu vídeo…

E para que serve a primeira sentença? Para fazê-lo ler a segunda, e assim por diante, até ele estar convencido o suficiente a aceitar sua chamada para ação — e se tornar, desta forma, um lead qualificado.

Como eu sei se o meu conteúdo está atraente o bastante para gerar uma venda?

Para saber se o conteúdo que você produziu está preparado para enfrentar o público, responda às perguntas referentes aos 4 Us do copywriting:

  • O seu conteúdo ou a sua headline transmite uma sensação de Urgência no seu prospecto? Algo como “preciso ler/ver isto agora para conseguir resolver meu problema o quanto antes”?

  • O seu conteúdo é Único? Quer dizer, ele é realmente único ou é algo facilmente encontrado pela internet? As pessoas não gostam de ler ou ver algo igual ou muito parecido com o que já viram ou já conhecem. Pense nisso!

  • O seu conteúdo é Útil? Ninguém quer perder tempo com conteúdos sem utilidade. Pense em como transmitir benefícios ao seu leitor, ou de que forma a sua informação pode resolver um problema dele ou fornecer grande valor.

  • Por fim, o seu conteúdo é Ultra Específico? O maior erro de quem produz conteúdo é querer agradar a todos. Nem pense em tentar falar sobre tudo. Foque o seu conteúdo em um nicho específico. Apesar da quantidade de pessoas ser menor, elas serão mais qualificadas para comprar seja lá o que você estiver vendendo.

Dica: Passo a passo para criar um blog de sucesso!

Gaste um pouco de tempo tentando responder adequadamente essas perguntas e você terá uma boa análise inicial sobre a qualidade e relevância do seu conteúdo.

Aproveite para deixar seu comentário abaixo e conte-nos o que achou destas dicas!




Por
19/07/2018

Profissional com mais de 12 anos de experiência, responsável pelas estratégias de marketing dos clientes da Orgânica.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!