Rodolfo Benetti

Por   

 28/12/2023 

Com mais de 13 anos de experiência, é responsável pelas estratégias de marketing dos clientes da Orgânica.

✓ Conteúdo criado por humano

Imagine se suas palavras tivessem o poder de convencer, de inspirar ações, de fazer com que o leitor não apenas leia, mas se envolva de fato com o que você tem a dizer. Isso é o que o copywriting faz!

É a técnica voltada para a produção de conteúdos persuasivos, que conduzem a audiência a realizar uma determinada ação. No mundo do Marketing Digital, dominar essa arte é descobrir o caminho para impulsionar suas vendas!

E não é só sobre as palavras atraentes que você escolhe. É também sobre a qualidade do conteúdo que você oferece. Afinal, quem é que vai se envolver com algo totalmente superficial?

Por isso, vou te mostrar os bastidores do copywriting e como você pode unir o poder das palavras persuasivas com um conteúdo que brilha.

Pronto para essa jornada? Então vamos juntos!

Guia completo para converter seus Leads e otimizar suas Vendas

Como funciona o copywriting?

Não é novidade alguma falar que a Internet é o principal meio pelo qual as pessoas buscam por informações. A geração Z, por exemplo, é nativa digital — gente que cresceu em um ambiente onde o digital estava amplamente disponível desde o início da vida.

E olha, nesse contexto, o Marketing de Conteúdo pode ser a chave para salvar o seu negócio!

As pessoas buscam por informações a todo momento e, se você apresentar um conteúdo de valor, que realmente satisfaça as necessidades de cada uma, você já deu o primeiro passo para fixar sua marca na mente delas.

Quantas vezes você procurou algo na Internet e encontrou um site ou blog que tinha exatamente o que você queria? Aposto que a sensação foi algo que ficou entre o alívio e a satisfação. Certo?

Mas, quando falamos de negócios, a equação se torna mais complexa. Não é suficiente criar um conteúdo de qualidade e atrair tráfego, se o site ou blog não converter as visitas em vendas, por exemplo.

É aí que entra o copywriting!

Essa técnica de persuasão está em todo lugar: nos textos, nos anúncios, nos vídeos... E tem um objetivo específico: levar as pessoas para a próxima etapa, que pode ser clicar, se cadastrar, comprar, entre outras ações relevantes para a estratégia do seu negócio.

Aí, para que você entenda de fato como funciona essa técnica, preciso explicar a relação entre copywriting e neuromarketing.

O copywriting utiliza abordagens psicológicas do neuromarketing para influenciar as decisões do consumidor de alguma forma. Na realidade, ao compreender os processos cerebrais, emoções e comportamentos, o copywriter consegue criar mensagens persuasivas, ajustando-as para atrair, envolver e converter o público-alvo.

A aplicação desses conceitos proporciona uma comunicação muito mais eficaz e com potencial maior de gerar resultados, porque está alinhada às motivações e necessidades psicológicas dos consumidores.

Ou seja: os times colhem benefícios muito significativos ao incorporar o copywriting em suas estratégias de Marketing!

Ao ter uma compreensão mais profunda sobre as técnicas de persuasão, é possível realizar uma análise mais criteriosa sobre como o neuromarketing pode ser aplicado em cada peça.

Isso permite que os times brifem, produzam e avaliem cada uma das entregas com um olhar mais focado nas possibilidades de conversão.

Dica: O que é Branding e como criar conexões entre público e marca

Elementos essenciais do copywriting

Agora que você sabe o que é o copywriting e como funciona, vou te mostrar quais são os elementos que tornam essa técnica tão única e como eles podem transformar seus conteúdos em qualquer canal — seja blog, e-mail ou redes sociais.

Veja só:

Títulos atraentes e chamadas para ação

No mundo do copywriting, a primeira impressão é a que fica!

O título e a call to action (CTA) são elementos que, respectivamente, capturam a atenção do seu público e o conduzem para a próxima etapa do funil.

Os títulos são a porta de entrada irresistível para explorar o que uma empresa tem a oferecer! E a arte de criar bons headlines está em torná-los objetivos, envolventes e capazes de despertar o interesse imediato de consumir o conteúdo.

Já a CTA é o convite para a ação, que indica ao usuário o que deve ser feito a seguir. Ela precisa ser, ao mesmo tempo, relevante para que ele avance no funil de vendas da empresa.

Estrutura do conteúdo

Um copy não é nada sem sua estrutura. Seria um título e uma CTA sem argumentos. Por isso, a estrutura é outro elemento fundamental da escrita persuasiva!

Seus textos, vídeos e até imagens devem seguir uma sequência lógica, proporcionando uma jornada fluida para a audiência.

Em um conteúdo no blog, por exemplo, isso significa criar uma introdução chamativa, um desenvolvimento consistente e uma conclusão que permita ao leitor querer continuar em seu site.

Além disso, a formatação, com objetividade e direcionamento, além de uma boa escaneabilidade, é o que facilitará a melhor absorção do conteúdo e a percepção de valor sobre ele.

Já em um vídeo, é preciso ter uma abertura, um gancho — elemento envolvente para prender a atenção do espectador —, o desenvolvimento da história, o clímax e um encerramento.

Cada parte funciona como peças de um quebra-cabeça, se encaixando para construir um conteúdo relevante para o público-alvo!

Calendário de Conteúdo

Uso de gatilhos mentais

Como já falei, copywriting é uma técnica de persuasão!

A escrita persuasiva pode ter como propósito influenciar a opinião e o comportamento da audiência, convencê-la a adotar uma ideia, executar uma ação específica ou, claro, comprar um produto ou serviço.

Para fazer com que ela tome uma atitude a partir de um conteúdo, você deve usar diferentes recursos, como:

O copywriting se apoia nesses recursos para criar conexões emocionais, gerar engajamento e aumentar a probabilidade de conversão.

Aqui, quero destacar os gatilhos mentais, que são ferramentas que você precisa usar para atingir esse objetivo! Eles são estímulos que o cérebro recebe e interpreta para influenciar diretamente o momento de decisão.

Explore técnicas que despertem emoções, gerem confiança e tornem sua oferta irresistível, como senso de urgência, escassez e prova social, convencendo a audiência de que sua proposta é o que ela precisa naquele momento!

Tom de voz e estilo de escrita

A personalidade da marca é o que a diferencia em um mar de informações na Internet.

No copywriting, o tom de voz e o estilo de escrita são como a assinatura da sua marca no mercado.

A escolha cuidadosa de quais palavras usar e não usar, a estrutura das frases e até mesmo algumas escolhas gramaticais contribuem para a construção da imagem que você deseja projetar.

Lembre-se: o tom pode variar conforme o público-alvo e o objetivo desejado, mas a autenticidade é o que garante a coerência do posicionamento da sua marca!

Dica: Como vender mais com branded content (conteúdo de marca)?

Como eu sei se o meu conteúdo está atraente o bastante para gerar uma venda?

Para avaliar se o conteúdo que você produziu está pronto para encarar o público, utilize os 4 Us do copywriting e responda às seguintes perguntas:

  • Urgência: sua headline transmite uma sensação de urgência, incitando o cliente em potencial a pensar: "preciso ver isso agora para resolver meu problema"?;
  • Único: evite ser igual ao que já existe, pois as pessoas buscam originalidade. O conteúdo é verdadeiramente único, ou é facilmente encontrado na Internet?;
  • Útil: ele oferece utilidade? Busque transmitir benefícios e soluções, fornecendo um valor significativo;
  • Ultra específico: o conteúdo é altamente específico? Foque em um nicho para atrair uma audiência mais qualificada.

Ao dedicar um tempo para responder a essas perguntas, você terá uma análise inicial sobre a qualidade e relevância do seu conteúdo em termos de técnicas de persuasão.

Quanto à aplicação do copywriting, os indicadores variam dependendo do contexto:

  • Em anúncios de redes sociais: o tamanho da CTA pode medir indiretamente a qualidade do copy e do anúncio. Testar diferentes copies e artes é essencial nesse contexto;
  • Em vídeos: avalie a retenção dentro do vídeo, pois ela reflete o impacto do copy no conteúdo;
  • Em páginas de cadastro e vendas: analise o número de cadastros e vendas para medir a eficácia da copy;
  • Indicadores gerais: CTR, tempo de permanência na página, número de cadastros e vendas são métricas importantes para avaliar o desempenho do conteúdo em diferentes contextos.

Dicas para aprimorar sua estratégia de copywriting

Não há uma receita única para aplicar técnicas de persuasão no seu conteúdo. São infinitas possibilidades, como comentei, desde os vários gatilhos mentais até o uso de storytelling.

O importante mesmo é conhecer bem sua marca, sua audiência e o seu mercado!

Vou explicar melhor esses pontos:

Entenda sua audiência

O coração de uma estratégia de copywriting reside no entendimento do mercado e das personas. Sem esse conhecimento, suas mensagens correm o risco de não se conectarem com as dores, necessidades e preferências dos potenciais clientes.

Aí, todo o esforço pode acabar sendo desperdiçado…

Então, antes de começar a redigir, aprofunde seu conhecimento em uma pesquisa detalhada.

Compreender as necessidades, desejos e dores do seu público é o que te aproxima da solução ideal para ele, construindo uma estratégia mais centrada na Experiência do Cliente!

Modelo de Processo para definição de Perfil de Cliente Ideal (ICP) e Personas

Refine sua abordagem

Fazer copy envolve uma habilidade dinâmica, uma dança constante entre a criatividade e a análise de dados.

Após criar um conteúdo persuasivo, não se acomode. O refinamento contínuo é um passo importante do processo.

Em outras palavras, a revisão é tão importante para o copy quanto a criação em si. Guarde isso com você!

Testes A/B, por exemplo, permitem determinar quais abordagens ressoam melhor com sua audiência.

E métricas como taxa de cliques (CTR), taxa de conversão e tempo de permanência no site são dados importantes, que direcionam o caminho para otimização e sucesso a longo prazo.

Destaque-se da concorrência

Encontrar sua voz no mercado é a diferença entre se destacar ou ser só mais um na multidão.

Para isso, considere responder às perguntas que vão guiar sua estratégia:

  • O que torna sua marca diferente? 
  • O que a distingue da concorrência? 

Seu copy precisa ser capaz de criar uma conexão genuína com seu público. Seja ousado, autêntico e destaque os pontos fortes que tornam sua marca única!

Dica: Os 12 arquétipos de marca e sua importância no Branding

Ferramentas para aprimorar sua copy

Desbravar o universo do copywriting não significa enfrentar a jornada sozinho. Hoje, o mercado oferece uma gama de ferramentas, que podem aprimorar e facilitar seus esforços na escrita.

Veja algumas sugestões:

  • Grammarly: corrige erros gramaticais e também oferece sugestões de estilo, aprimorando a qualidade geral do seu texto, seja na criação de anúncios ou na redação de conteúdo;
  • Hemingway Editor: inspirado no famoso escritor Ernest Hemingway, essa ferramenta simplifica e aprimora a objetividade do seu texto. Identifica frases complexas, sugere alternativas e proporciona uma leitura mais fluida. Ideal para garantir que sua mensagem seja transmitida de forma direta;
  • ChatGPT: trabalhando com base na Inteligência Artificial, é a ferramenta de conversação que costuma ser uma fonte de inspiração e um assistente para fazer ajustes. Pode ajudar a gerar ideias criativas, oferecer sugestões de palavras-chave e até mesmo aprimorar a persuasão em seus conteúdos.

Lembre-se: o copywriting é uma combinação de criatividade e técnica, e essas ferramentas estão aqui para potencializar ambos os aspectos!

Ferramentas de Marketing Digital indispensáveis para sua estratégia

Dicas de leitura sobre copywriting e Marketing de Conteúdo!

O aprendizado contínuo também é um diferencial no universo da construção de conteúdos. E é claro que eu trouxe dicas de leitura para você!

Aqui estão algumas recomendações para aprimorar suas habilidades e aprofundar seu conhecimento no assunto:

  • Influence: the psychology of persuasion, de Robert Cialdini: uma obra clássica que explora os princípios psicológicos por trás da persuasão. Cialdini desvenda os segredos que influenciam as decisões das pessoas, fornecendo percepções para o copywriting persuasivo;
  • Conteúdo S.A., de Joe Pulizzi: o autor é uma autoridade em Marketing de Conteúdo, e esse livro oferece uma abordagem prática para criar uma boa estratégia para atrair, reter e engajar seu público-alvo;
  • Marketing de Conteúdo: os segredos para atrair, engajar e transformar sua audiência em clientes: a Orgânica é uma referência confiável de informações sobre o assunto. Baixe gratuitamente nosso e-book e obtenha as melhores técnicas e percepções sobre como criar conteúdo que vendem!

Marketing de Conteúdo: os segredos para atrair, engajar e transformar sua Audiência em Clientes

Lembre-se que o conhecimento é uma jornada contínua e, tão importante quanto estudar, é aplicar na prática. Por isso, pratique sempre que puder!

Escreva o próximo capítulo do seu sucesso!

Em um cenário em que se debate a suposta "saturação de conteúdo online", é importante compreender que o problema não reside na quantidade, mas na qualidade.

De fato, existem muitos conteúdos disponíveis na Internet. Mas não existem tantos conteúdos excepcionais. Para esses, ainda há um oceano azul de oportunidades a serem exploradas!

O copywriting permite que bons conteúdos alcancem seu público-alvo e façam com que ele se relacione de forma mais próxima com a sua marca.

Além disso, compreender a aplicação do copywriting em diferentes contextos, desde anúncios em redes sociais até vídeos e landing pages, é importante para ajustar sua estratégia conforme as métricas e indicadores específicos de cada cenário.

E não esqueça: a jornada do conhecimento é contínua. Continue a explorar, aprender e criar!

Para se aprofundar em Marketing de Conteúdo, te convido a conferir outros textos aqui no blog da Orgânica!


Você quer
aumentar suas vendas
através do Marketing Digital?

Receba gratuitamente o Diagnóstico Content+Performance, a metodologia de Marketing Digital da Orgânica!

Quero saber como Vender Mais

Quer uma consultoria gratuita de marketing digital?

Assine nosso blog

E entenda como transformar audiência em vendas.

Assine nosso blog

E entenda como transformar audiência em vendas.