Como fazer o benchmarking da sua empresa e de seus concorrentes?


Como fazer o benchmarking da sua empresa e de seus concorrentes?

A comparação faz parte da realidade de todas as empresas. Por meio dela, é possível saber qual posição a marca ocupa em vendas e em mind share, além de trazer inúmeras outras informações relevantes para o negócio. Nesse contexto, destacamos a importância de fazer o benchmarking.

Seja qual for o tamanho da companhia, essa estratégia é extremamente relevante para mapear o que os concorrentes andam fazendo e, assim, se preparar para desenvolver ações de marketing que gerem mais resultados para a empresa.

Entretanto, muitas marcas ainda não utilizam essa técnica em seus negócios e acabam perdendo ótimas oportunidades de se destacar ou de desenvolver um planejamento mais eficaz.

Quer saber como fazer o benchmarking? Então, confira esse post que preparamos especialmente para tirar suas dúvidas!

O que é benchmarking?

Para que você entenda como aplicar essa estratégia em seu negócio, você primeiro precisa entender bem o conceito. Benchmarking vem da palavra "benchmark", que significa "referência", e é uma análise profunda das estratégias e ações de empresas que atuam no mesmo setor que você ou até mesmo em segmentos relacionados.  

A partir dessa avaliação, a sua marca pode utilizar as referências para desenvolver estratégias e ações mais eficazes. Para isso, é necessário interpretar e mensurar corretamente os dados e resultados das campanhas da concorrência.  

Dica: Indicadores e métricas de marketing digital: saiba como usar

Como fazer um benchmarking?

Para fazer o benchmarking corretamente, você pode seguir os seguintes passos:

1. Escolha os principais concorrentes do mercado para analisar

O ideal é escolher até 3 concorrentes para monitorar. Procure sempre optar por aqueles que são líderes de mercado e certamente têm ações de sucesso em seus históricos.

2. Estabeleça os indicadores de análise

Uma boa dica para que você faça essas análises é elaborar uma planilha para comparar e preencher aspectos específicos de cada empresa. Selecione as características e métricas que você julga mais importantes para constarem nessa tabela.   

Assim, você terá uma visão geral e organizada do que cada companhia tem feito, facilitando a interpretação e a avaliação.  

3. Obtenha os dados

Existem inúmeras ferramentas para que você encontre os dados e resultados de campanhas da concorrência.

Suas estratégias de Marketing Digital não dão retorno? Saiba como combinar os tipos de mídias e alcance melhores resultados!

Mídia paga e mídia orgânica: Guia completo para conciliaras duas

A internet, por exemplo, tem uma infinidade de recursos que você pode utilizar para fazer essa avaliação: redes sociaissites, blogs, ferramentas específicas e até mesmo as informações divulgadas pelos próprios players do mercado.

O importante é obter a maior quantidade de dados possível, facilitando a sua interpretação.  

4. Compare e analise as informações

Depois de levantar todas as informações, é hora de fazer uma análise criteriosa das ações e comparar com as que a sua empresa tem feito.

É nesse momento que você começará a entender como algumas companhias fazem tanto sucesso utilizando determinadas abordagens com o público.

5. Faça o levantamento dos pontos altos e baixos

Após todos os passos anteriores, você precisa destacar os pontos altos das campanhas, mas sem deixar de lado os aspectos negativos.

Dessa maneira, você utilizará o que deu certo como referência e levará em consideração as falhas para não repeti-las em seu planejamento.

Clique no banner abaixo e conheça o e-book que vai te ajudar a fazer seu próprio Plano de Marketing Digital!

Banner - Como fazer um plano de marketing digital em sua empresa

Qual a importância do benchmarking?

O benchmarking pode fazer toda a diferença na hora de destacar sua empresa no mercado, proporcionando a melhoria de processos e gerando importantes insights para o desenvolvimento de ações mais efetivas.

Nesse sentido, é importante que você faça o benchmarking da sua empresa, buscando ações e estratégias que deram certo no passado. Além de analisar, principalmente, tudo o que a concorrência elaborou e que deu excelentes resultados.

Ao unir todas essas informações, você terá um "norte", um caminho mais claro a ser seguido. Assim, além de otimizar custos e tempo, as chances de conquistar e fidelizar o público serão muito maiores.

Dica: Como otimizar o site da empresa com as palavras-chave certas?

Quais as vantagens dessa estratégia?

Agora que você entendeu o que é o benchmarking e como ele é importante para as empresas, que tal conferir mais algumas vantagens dessa estratégia? Confira abaixo e aplique essa técnica em seu negócio!

1. Analisa a abordagem atual e identifica pontos de melhoria

Além de observar a atuação dos concorrentes no mercado, o benchmarking faz com que as empresas avaliem as suas abordagens atuais, fazendo comparações com os principais players do mercado.

Assim, é possível identificar falhas, ações e até mesmo setores da companhia que podem ser melhorados e ajustados.  

2. Descobre ações de sucesso de empresas experientes

Conhecer a fórmula de sucesso de empresas experientes e líderes de mercado é essencial para entender como funciona o segmento e quais são as formas mais adequadas de se comunicar com o público.

Por isso, ao utilizar o benchmarking em sua estratégia, você conhecerá melhor os concorrentes e saberá como eles elaboraram suas ações de sucesso. Dessa maneira, você terá excelentes referências para montar uma campanha.  

3. Identifica novas tendências e ajuda se destacar

Quando você pesquisa e compara suas estratégias com as de outras empresas, é bem provável que você identifique algumas tendências, que darão muito certo no futuro.

Ao obter essas informações, você poderá se antecipar e sair na frente da concorrência, desenvolvendo soluções inovadoras e se destacando como uma marca pioneira no uso de determinadas tendências de marketing digital.

Confira nosso material gratuito e saiba como atualizar o modelo de comunicação da sua empresa!

Banner - Passo a passo para migrar o modelo de comunicação da sua empresa

Para isso, além de fazer um intenso trabalho de pesquisa, também será necessário mobilizar a sua equipe e colocar a mão na massa.

4. Alimenta argumentos para discutir investimentos futuros

Uma das maiores dificuldades de companhias que pretendem se destacar no mercado, é convencer a diretoria a investir em suas ideias.

Ao utilizar o benchmarking, você conseguirá uma série de informações que servirão como argumentos para discutir futuros investimentos. Você pode utilizar exemplos de sucesso de outras empresas para convencer que a ação ou estratégia proposta terá excelentes resultados.  

Dica: 5 erros cometidos no Google AdWords que jogam dinheiro fora

5. Possibilita o desenvolvimento de estratégias mais eficientes

Fazer o planejamento de comunicação de uma marca ou produto envolve uma série de etapas, como o briefing, a definição do público-alvo, o estudo de mercado e concorrência e por aí vai. Mas nem sempre essas informações são suficientes para montar uma campanha realmente eficaz.

Ao unir todos essas etapas mencionadas com a análise criteriosa de ações de sucesso da concorrência, as chances de desenvolver um planejamento mais eficiente serão bem maiores.

Dessa forma, podemos dizer que o benchmarking é importantíssimo para a empresa comparar a sua posição atual com a dos concorrentes, possibilitando a identificação de falhas e oportunidades. Por isso, a estratégia deve ser feita por especialistas na área, que conduzirão o negócio corretamente e levarão a sua empresa ao sucesso.

Então, agora que você aprendeu bastante sobre benchmarking e sobre como ele pode conduzir as companhias a um patamar mais elevado, aproveite para assinar a nossa newsletter!

 



Por
19/09/2018

Profissional com mais de 12 anos de experiência, responsável pelas estratégias de marketing dos clientes da Orgânica.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!