Como convencer a diretoria a investir em Inbound Marketing?



Por   

 13/11/2017 

Profissional com mais de 12 anos de experiência, responsável pelas estratégias de marketing dos clientes da Orgânica.

Como um bom gerente, você pesquisa a fundo todas as possibilidades existentes para gerar bons negócios para a empresa na qual trabalha, não é mesmo? E, em uma dessas oportunidades, é bem provável que tenha se deparado com informações acerca do Inbound Marketing.

Sendo assim, você deve conhecer as maravilhas que essa estratégia pode fazer, melhorando a imagem da corporação, gerando tráfego, estimulando o engajamento e, claro, trazendo várias oportunidades de vendas por meio da geração de leads.

Porém, para executá-la, é preciso aplicar recursos. E a diretoria necessita de garantias para tirar a mão do bolso.

Afinal, como convencer o seu chefe a investir em Inbound Marketing? Neste artigo, você saberá a resposta para essa pergunta e poderá, finalmente, aplicar essas ações na sua empresa. Acompanhe a seguir!

Dica: Inbound Marketing: 11 dicas para que sua empresa venda 600% mais

Eduque sobre o Inbound Marketing

Para começar, é preciso explicar como funciona a estratégia e as etapas do funil. Lembre-se que nem todos têm um conhecimento aprofundado sobre o ambiente digital. Uma boa ideia é colocar-se na posição do usuário. Afinal, mesmo que os diretores não entendam sobre o marketing on-line, navegam na internet rotineiramente.

Primeiro, mostre a eles as pesquisas nos mecanismos de buscas. Isso gerará uma identificação com as próprias ações. Explique que sempre que um usuário tem uma dúvida, ele recorre à ferramenta, o que, no Inbound Marketing, é conhecida como a etapa da atração.

Depois, ao encontrar uma resposta em um dos resultados, mostre artigos altamente relevantes e como eles dialogam com a persona, estimulando a aquisição de leads. Ou seja, a etapa da conversão.

Por fim, mostre como é feita a nutrição por meio do e-mail marketing, estabelecendo um relacionamento com o consumidor e firmando-se como autoridade no assunto. Não se esqueça de frisar que todas as ações são mensuráveis e, portanto, é possível detectar o momento correto para fazer uma oferta. Chegando, assim, à fase do fechamento do negócio.

Ilustrações, planilhas e exemplos são muito bem-vindos. Ao entender melhor o funil de vendas, o seu chefe ficará mais suscetível a aceitar suas sugestões.

Apresente dados e estatísticas

Um bom argumento é a base para demonstrar um ponto de vista. E, no ambiente empresarial, há algo mais convincente do que dados e estatísticas?

Eis aqui algumas métricas que dirão, em poucas palavras (ou números) o que o Inbound Marketing representa no contexto do mercado atual:

Mas esse não é único modo de usar os números como aliados. Planilhas comparativas, que revelam os gastos e resultados atuais com expectativas relacionadas à adoção da nova estratégia, podem mudar a perspectivas do seu chefe.

Mostre cases de sucesso

Nada melhor do que levar a teoria à prática, não é mesmo? Então, que tal apresentar alguns casos de empresas que obtiveram bons resultados com a metodologia Inbound?

Com uma rápida busca no Google, você pode encontrar diversos exemplos. Foque naqueles que atuam no mesmo segmento de mercado ou se encontram em uma situação financeira semelhante à do seu negócio.

É possível, inclusive, que alguns dos seus concorrentes adotem a estratégia e colham bons resultados. Seu chefe certamente não vai querer ficar para trás.

Pronto! Agora você está pronto para mostrar para a diretoria da sua empresa que vale a pena investir em Inbound Marketing! E se você quer saber mais sobre esse método, clique no banner abaixo e baixe nosso eBook!

Manual do Inbound Marketing



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!