A fórmula do fracasso eu conheço, difícil é alguém inventar a do sucesso


A fórmula do fracasso eu conheço, difícil é alguém inventar a do sucesso

Você pode estar achando que sabe tudo sobre Marketing Digital, pois já sabe toda a fórmula de cor. Porque já decorou todos os vídeos dos novos gurus do Marketing que ganham dinheiro vendendo as fórmulas pra você.
Acredita que decifrou de uma vez por todas o algoritmo Fred, e ranqueou muito bem sua página. Criou sua Landing Page, fez suas iscas e já está convertendo. Parabéns! Você precisa se reinventar.

No incrível ciclo de PDCA, onde o P de planejar já foi dissecado por você. o D de Fazer já foi largamente implementado. o C de checar já abriu espaço para infinitos testes AB e o A de de Ajustar é frequentemente empregado, neste formato de trabalho você é o próprio herói da jornada, pois já chegou lá. Mas aquilo que ninguém fala, aquilo que tem valor mesmo não é o execution.

Qual a realidade atual das marcas?

As marcas hoje vivem do que habita fora do PDCA - o create. A criação, a inovação, a ideia nova. O próprio termo empreendedor nasceu de Joseph Schumpeter, o profeta da inovação, onde ele descreve que este visionário é responsável pela destruição criadora. Uma força motriz capaz de arruinar todos os planos de quem só repete o que faz de melhor.

O MIT,  o renomado Massachusetts Institute of Technology, tem como mantra: "seja desobediente. Não se pode mudar o mundo sendo obediente". Trata-se de um mundo de inovação, de avanço científico e social. Esse território, portanto, é dos desobedientes, aqueles que desafiam o status quo. Daqueles que não perguntam se devemos mudar e sim como mudar.

Dica: 5 lições de CEOs de sucesso que você precisa conhecer

Nesta economia circular, criativa e compartilhada, é preciso repensar o passado, reconsiderar o presente e reimaginar o futuro. Tudo ao mesmo tempo. O economista Joseph Schumpeter (de novo ele) em 1939, estava certo quando criou o termo destruição criativa. “Se você não reinventar o que você estiver fazendo, alguém fará isso!

Mais importante do que seguir as regras é quebrá-las. E a força capaz de fazer isso é a criatividade. Nunca vi uma ideia ruim com um excelente planejamento dar certo. Mas já vi inúmeras ideias incríveis com um planejamento mais ou menos virar sucesso.

Por que a inovação favorece o consumidor?

Neste exato segundo enquanto você lê esse artigo, o título de empresa de mídia mais valiosa do mundo deixou de ser da Disney, gigante dos cinemas e parques temáticos, para a empresa de streaming de vídeo, Netflix

As ações da Netflix subiram  e chegaram a US$ 356,87 na bolsa de valores de Nova Iorque, o que resultou no aumento de valor de mercado da empresa a US$ 155 bilhões, superando a Disney (a briga está apertada). O lado bom desse modelo de economia criativa é que a Disney, que não quer morrer, vai ter que mais uma vez se reinventar e sair correndo para ganhar o seu espaço. E quem ganha nessa briga é o consumidor, com produtos cada vez mais melhores voltados a suas reais necessidades!

Dica: Você não é sua persona: entenda o por quê

Ideia, criatividade e inovação, são conceitos completamente diferentes, mas que se complementam, podemos dizer que um não existe sem o outro. É como um ciclo: há o surgimento de uma ideia, então há o início da criação fora do mundo teórico e, se a criação for aceita e gerar valor para o público, a inovação foi implementada com sucesso.

O que está acontecendo, afinal?

Estamos vivendo um momento em que os mundos se colidem, a era da informação transita para a era conceitual, as pessoas procuram maneiras diferentes de verem o mundo, menos sobrecarga informativa, menos racionalidade e mais humanização. Essa relação também se aplica às marcas e a forma como elas se comunicam, por isso o mercado exige cada vez mais um pensamento inovador para os profissionais.

A ideia do ato criacional como resultado humano começa na Renascença. Antes disso, se acreditava que tudo era derivado de Deus. Já a palavra creativity surgiu apenas em 1859. Até aquele momento não existia um conceito - definição exclusiva - para o termo criatividade.

Somente usar criatividade não é o suficiente para gerar resultados! Veja como fazer um conteúdo de qualidade para seu blog!

Checklist de qualidade de publicação de conteúdo para blogs

Já o conceito de inovação foi criado pelo economista e cientista político austríaco Joseph Schumpeter (ele mesmo), professor da Universidade de Harvard. Em 1939, na sua tese econômica sobre “destruição criativa”, afirmou que “em uma verdadeira economia de mercado, novos produtos destroem empresas velhas e antigos modelos de negócios”.

"A criatividade é a faísca, a inovação é a mistura gasosa. A primeira dura um pequeno instante, a segunda perdura e realiza-se no tempo. É a diferença entre inspiração e transpiração, a descoberta e o trabalho”.
Roberto Duailibi e Harry Simonsen Jr.

E, Larry Hirst, ex-Chairman da IBM, completou: “Invenção é transformar dinheiro em ideias, inovação é transformar ideias em dinheiro”. Vivemos a transição da era da informação para a era conceitual. Nela, a visão de mundo se baseia na criatividade, humor, empatia, em histórias e na humanização - inclusive das empresas e de seus produtos e serviços.

Como se preparar para esta nova era?

Para você fazer a transição entre estas eras, eu vou te ajudar com algumas Técnicas para estimular a criatividade e inovação:

  • Não exagere a importância da ideia inicial para a criação de algo original;
  • Lembre-se que o mundo está em beta. Fazer, acertar - ou errar - e refazer;
  • Correr riscos e se reerguer, em caso de erro;
  • Não tenha medo de dizer a verdade;
  • Estude sempre. Criatividade e inovação são resultados do seu repertório;
  • Mantenha ao lado da sua mesa, escritório ou no carro um caderno de anotações. Nunca sabemos quando uma ideia genial surgirá;
  • Seja otimista. O pessimismo não ajuda na solução de nenhum problema;
  • A criatividade deve estar presente em todos os níveis da esfera artística e técnica da organização;
  • Questione as próprias verdades e busque falhas capazes de destruir sua cultura;
  • Tenha valores claros e canais de comunicação abertos e constantes;
  • Mantenha uma contínua injeção de sangue novo para desafiar o status quo;
  • Estabeleça processos de solução de problemas em que todos se ajudam;
  • Em um mundo que temos todas as respostas disponíveis na web, aprenda a fazer a pergunta certa.


Repense:

  • Como mudar o que você e os demais fazem diariamente?
  • Como ajudar a você e os outros a entenderem a inovação?
  • Como fazer você e os demais se concentrarem nas ideias que interessam?
  • Como você e os demais podem ter ideias de alto impacto?
  • Como você e os outros aperfeiçoam suas ideias?

E, se eu pudesse deixar para você uma mensagem final é, entenda o conceito das fórmulas de sucesso, mas crie seu próprio método criativo para ser original.

Um abraço e até logo.




Por
12/03/2019

Com mais de 20 anos de carreira, acredito no Marketing como a principal ferramenta de diferenciação, gerando valores intangíveis e resultados reais.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!