Você não é sua persona: entenda o por quê



Por   

 04/04/2018 

Profissional com mais de 12 anos de experiência, responsável pelas estratégias de marketing dos clientes da Orgânica.

Você realmente conhece Inbound Marketing e o papel da construção de personas em suas estratégias? É comum confundir alguns termos devido à similaridade entre conceitos. Contudo, o problema vai muito além: prejuízos financeiros e resultados insuficientes!

Uma persona é um perfil ideal de cliente, levando em consideração várias características que o descrevem. Essa definição pode conter diversos erros se o gestor utilizar seus próprios juízos de valor para desenvolvê-las. Será que esse é o seu caso? Descubra neste artigo e entenda de uma vez por todas que você não é a sua persona e aprenda como criá-la. Acompanhe!

Quais são os prejuízos com personas mal definidas?

Um dos primeiros problemas em não definir uma persona corretamente é focar os esforços de venda em leads que, na verdade, não têm nenhum interesse no produto ou serviço que a empresa oferece. Não faz sentido aplicar tantos recursos de tempo e dinheiro em prospecção, atendimento e construção de conteúdo com base em dados imprecisos.

Criar perfis com base no ponto de vista dos gestores ou donos da empresa é errado e isso pode ser nocivo. O mesmo é válido quando se utiliza o senso comum para caracterizar esses personagens que são tão importantes para o negócio.

Um problema associado a isso é a falta de congruência na comunicação com o público, uma vez que as personas foram mal definidas, o que fará com que a mensagem da empresa não atinja as pessoas que deveriam. Quando isso acontece, as estratégias de Inbound Marketing são prejudicadas desde o início. Afinal, são gerados leads não qualificados, impactando negativamente nas vendas. Isso sem contar os baixos retornos em anúncios, devido à segmentação errada.

A definição de personas deve ser feita com muita cautela, com base em dados e pesquisas. O caráter individual, subjetivista e de senso comum deve ser evitado na construção desses personagens. Portanto, é sempre preferível que se faça um trabalho prévio na criação dos perfis de cliente, seguindo boas dicas e lembrando que você não é a sua persona!

Dica: Estratégia: o caminho para bater suas metas!

Como gerar personas de forma correta?

Já ensinamos em um outro artigo que criar personas é um passo fundamental e deve estar no início de qualquer estratégia de Inbound Marketing. Elas serão a base para toda a comunicação que a empresa fará no futuro, determinando o tipo de conteúdo que deve ser produzido, a linguagem e até mesmo as referências. Ao fazer isso, a empresa obterá cada vez mais leads qualificados, ou seja, com maior probabilidade de fechar negócios.

Para criar personas da forma correta é preciso conhecer melhor os seus clientes (antigos e novos). Um ponto de partida simples é conversar com a equipe de vendas. As pessoas que lidam diariamente com diferentes perfis poderão, certamente, descrever características de quem é ou não ideal para nortear as estratégias de marketing.

Uma outra forma de conhecer os seus clientes é aplicar formulários de pesquisa online ou off-line para descobrir o que o público valioso tem em comum, seus interesses e valores. A empresa deve esforçar-se para conseguir definir características em comum como o gênero da persona, faixa etária, cargo, objetivos, dificuldades, motivações e interesses.

Para complementar, existem ferramentas na internet como o Google Analytics e o Facebook Audience Insights. Elas que trazem dados comportamentais e sociais e podem agregar informações às personas. Mesmo assim, não se esqueça de validar esse conhecimento.

Uma vez que tudo estiver pronto, guarde essas referências como um documento, uma ficha para guiar as comunicações realizadas pela empresa e faça atualizações sempre que necessário.

Dica: Os mistérios das Buyer Personas: aprenda o que é e como criar

Entendeu a razão pela qual você não é a sua persona?

Empresas com personas bem definidas conseguem comunicar os seus valores e divulgar os seus produtos ou serviços com maior facilidade, passando à frente da concorrência.

É importante que você consiga desvincular todos os seus interesses, gostos e ideias de senso comum quando for criar a definição daquilo que é mais importante na sua empresa: o seu cliente. Lembre-se sempre de que você não é a sua persona ao iniciar qualquer estratégia de Marketing Digital.

Esperamos que esse conteúdo tenha sido útil para você. Quer aprender mais sobre o Inbound Marketing? Então clique no banner abaixo e conheça o nosso manual definitivo!

Manual do Inbound Marketing



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!