Aprenda como fazer um fluxo de nutrição eficiente



Por   

 08/06/2016 

Profissional com mais de 12 anos de experiência, responsável pelas estratégias de marketing dos clientes da Orgânica.

Um processo essencial no marketing digital é o fluxo de nutrição. Com ele é possível criar um relacionamento de longo prazo com o seu público. Afinal, o objetivo dessa estratégia é a de educar os seus potenciais clientes, para que no momento da compra eles estejam preparados para comprar. Nesse processo, ele deve receber conteúdos de qualidade, e que o mantenha aquecido até ser convencido dos benefícios da compra do seu produto ou serviço. Continue acompanhando e aprenda como fazer um fluxo de nutrição eficiente!

Tenha uma lista de contatos

Você precisará de uma lista de contatos, muitos profissionais de marketing digital dizem que “o dinheiro está na lista”, mas na verdade, o que deveria ser dito é que o dinheiro está no relacionamento com essa lista. Por isso, comece com a criação da sua lista, com o auxílio de um auto responder, como o RD Station, Aweber, ou o Mail Chimp. A partir daí, invista na nutrição dessa lista de contatos.

Conheça as suas personas

Persona é um personagem fictício que representa o seu público-alvo. A partir do momento que você define a sua persona e conhece as suas principais dúvidas, você poderá criar um fluxo de nutrição, criando um conteúdo específico para ajudá-lo a esclarecer essas dúvidas.

Dica: Leia também: Os mistérios da Buyer Personas: aprenda o que é e como criar

Segmente a sua lista de contatos

Para atender as necessidades de uma determinada persona, você poderá criar outros nichos dentro da sua lista. Por exemplo: se a sua página de captura ou landing page solicita apenas o nome e o e-mail, considere acrescentar outras perguntas com o intuito de segmentar à sua lista, para dessa forma poder desenvolver ofertas específicas para esse determinado nicho.

Se você tem um site sobre futebol, poderá perguntar, além do nome e do e-mail, para qual time o seu lead torce, assim você poderá desenvolver uma estratégia de disparo de e-mails extremamente segmentada, com informações e ofertas sobre aquele determinado clube de futebol.

Estabeleça uma frequência de envio de e-mails

Não envie muitos e-mails rapidamente. Tal prática pode levar o seu lead a desistir de fazer parte da sua lista de contatos. No entanto, esteja presente regularmente. Não esqueça do seu lead e ele também não se esquecerá de você.

Uma estratégia interessante é a seguinte: envie um e-mail no dia 1, no dia 5, no dia 10 e no dia 15. Seja lembrado pelo seu conteúdo de qualidade, não pela insistência em enviar uma enxurrada de e-mails.

Dica: Planejamento de marketing de conteúdo: 8 dicas para criar o seu!

Produza conteúdo direcionado

O seu objetivo deve ser o de educar o lead, eliminado as suas dúvidas sobre a compra e aproximá-lo da empresa. Você poderá usar artigos no conteúdo das mensagens, e-books, vídeos, estudos de caso, webinars, ou qualquer outro conteúdo que seja útil para a sua persona. Lembre-se de abordá-la aos poucos. Não vale ir “empurrando” seu produto logo de cara. O cliente precisa ser seduzido, não coagido.

O fluxo de nutrição é um processo essencial para se construir e manter um relacionamento eficiente com os seus potenciais clientes.

Dica: O que é nutrição de leads e como começar?

E então, nosso artigo te ajudou? Tem alguma outra ideia ou dica sobre como fazer um fluxo de nutrição eficiente? Compartilhe suas dúvidas ou opiniões conosco nos comentários!



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!