Aprenda a criar a campanha de Facebook Ads dos seus sonhos


Aprenda a criar a campanha de Facebook Ads dos seus sonhos

Olá, tudo bem?

Aqui é o Rodolfo Benetti! Neste texto vou te explicar tudo sobre o Facebook Ads. Vamos lá?

Qual a importância do Facebook?

O Facebook atingiu recentemente números impressionantes. A rede social tem cerca de 1,5 bilhão de usuários espalhados por 217 países em todo o mundo. Só no Brasil, já são mais de 50 milhões de inscritos.

Ter uma fanpage no Facebook é, então, parte essencial de uma boa estratégia de Inbound Marketing. Por meio dessa plataforma, as empresas contam com a oportunidade de alcançar seus clientes de forma rápida e massiva, principalmente, por meio das campanhas no Facebook Ads.

Mas, afinal, o que é isso? Vale a pena investir nessa ferramenta? Continue lendo e saiba mais sobre como criar a campanha no Facebook Ads dos seus sonhos!

O que é Facebook Ads?

O Facebook Ads é o sistema de anúncios pagos do Facebook, que possibilita que você crie campanhas dentro da rede social baseadas no perfil do usuário, dos seus amigos e em seu comportamento. 

Por que investir no Facebook Ads?

O Facebook possui uma base significativa de usuários, garantindo um grande alcance para as suas campanhas. Uma de suas maiores vantagens são as inúmeras possibilidades de segmentação de público que a ferramenta oferece.

E-book Facebook Ads

Por exemplo, se você possui um público específico de homens entre 20 — 30 anos, que moram em determinada região, o Facebook Ads permite que você direcione suas campanhas a esse grupo.

As campanhas serão, então, exibidas junto dos demais conteúdos ou na lateral da tela desses usuários e, quando clicadas, o levarão diretamente para sua página ou, conforme o objetivo da campanha, para seu site.

Dica: 4 razões para sua empresa ter um site responsivo

Como funciona o Facebook Ads?

O sistema de anúncios do Facebook Ads é muito eficiente e permite administrar campanhas de maneira eficaz, ao mesmo tempo que comparamos resultados e analisamos as estatísticas do que realmente funciona para o negócio.

Logo, antes de criar a campanha é importante planejar, para depois executar e finalmente mensurar os resultados.

Além disso, o Facebook Ads é bastante maleável, possuindo diversos formatos de anúncios diferentes para se adequar ao objetivo da sua estratégia. Veja quais são:

  • Envolvimento de publicação de página: permite que uma publicação seja promovida a um número maior de usuários;
  • Curtidas de página: anúncios que estimulam a curtir a fanpage;
  • Cliques no site: para que o usuário seja direcionado para o site da empresa;
  • Conversões no site: similar aos cliques, mas focado em conversões;
  • Envolvimento com o aplicativo: para gerar interatividade no aplicativo;
  • Instalações do aplicativo: para estimular os usuários a instalar o aplicativo da empresa;
  • Participações no evento: para promoção de eventos no site;
  • Obtenção de oferta: anúncios para promoção de uma oferta específica.

Dica: Google Adwords ou Facebook Ads, qual o melhor?

Cada uma das opções acima servirá para um objetivo. Portanto, antes de escolher a melhor opção para seu caso, pense bem no perfil do seu público e como deseja atingi-lo. Após o planejamento, coloque em funcionamento a estratégia. Observe quais serão as especificidades da campanha para poder criar algo que capte a atenção do público.

Qual o passo a passo para criar uma campanha de Facebook Ads?

A criação de uma campanha no Facebook requer algumas etapas. São elas: definição de objetivo de marketing, criação de conjunto de anúncios, e criação de criativos! Vamos ao passo a passo!

Passo 1 - Definindo o objetivo 

O objetivo do anúncio é aquilo que você quer que a pessoa faça ao ver a peça. Você pode escolher entre três grandes finalidades:

  • Reconhecimento: objetivos que geram interesse em seu produto ou serviço.
  • Consideração: Objetivos que levam as pessoas a começar a pensar na sua empresa e a buscar mais informações sobre ela.
  • Conversões: objetivos que incentivam as pessoas a se interessar por sua empresa ou usar seu produto ou serviço.

Confira na imagem o demonstrativo de objetivos de anúncios no Facebook:

Criar Campanha no Facebook - Passo 1

Seleção de objetivo de marketing dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

Você pode ver que depois de selecionar um objetivo vai aparecer uma descrição para você entender melhor o que irá acontecer, assim como mais detalhes. Exemplo abaixo:

Criar Campanha no Facebook - Passo 1.1

Configuração do objetivo de anúncio dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

Passo 2 - Configurando o conjunto de anúncios

Agora que você já selecionou o objetivo de marketing da sua campanha é preciso botar a mão na massa! Primeiro é preciso selecionar qual será a página onde você deseja veicular o anúncio. Irá aparecer uma caixa semelhante ao exemplo abaixo:

Criar Campanha no Facebook - Passo 2

Seleção de página dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

O próximo passo depois de selecionar a página é definir seu público! Você pode criar um totalmente novo, escolhendo entre um Público Personalizado com pessoas que já interagiram com sua marca, ou um Público Semelhante, com pessoas que demonstraram um comportamento parecido a algum público que você já criou.

Caso você não queira criar um novo público, basta selecionar a opção de Público Salvo e escolher um público que você já usou anteriormente!

Supondo que você precise criar um novo público, primeiro você precisará definir algumas informações básicas, como localização, idade e sexo. Confira na imagem!

Criar Campanha no Facebook - Passo 2.1

Criação de público dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

Depois das definições de público simples, abaixo você encontra mais algumas formas de detalhar. Lembre-se, quanto mais segmentado o público for, melhor! Nestes novos campos você pode selecionar alguns tópicos de interesse que sua persona possui. Também é possível selecionar o público para o qual você não deseja mostrar seus anúncios (aqui é onde você seleciona quem já comprou sua oferta, por exemplo). Descendo um pouco mais você pode segmentar o público ainda mais com base em conexões que as pessoas possuem com sua Página, aplicativo ou evento. Veja:

Criar Campanha no Facebook - Passo 2.2

Criação de público dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

Público definido, agora você precisa selecionar o posicionamento dos anúncios. Entenda posicionamento aqui no sentido literal da palavra, ou seja, o local onde o anúncio será exibido. Você irá poder selecionar entre as duas opções abaixo:

Criar Campanha no Facebook - Passo 2.3

Seleção de posicionamento dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

Após isso você parte para o último ajuste dentro da segunda etapa de criação de Campanhas de Facebook ADS, a definição de orçamento e programação! Existem uma série de campos a serem preenchidos, mas um dos mais importantes é a escolha sobre se seu anúncio possuirá um orçamento diário ou vitalício (preço total que você pode investir na ação). Confira todos os campos:

Criar Campanha no Facebook - Passo 2.4

Seleção de orçamento dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

Depois que todas as definições da etapa forem concluídas, você verá na sua direita uma estimativa atualizada do tamanho do público que será impactado. Confira o exemplo:

Criar Campanha no Facebook - Passo 2.4

Demonstrativo de público dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

Passo 2 - Configurando os criativos (anúncios)

Tudo começa com a criação do nome do anúncio. Para servir de exemplo eu coloquei Envolvimento - Orgânica Digital (uma dica de nomeação para identificar facilmente o objetivo do anúncio sem ficar precisando abrir toda a campanha). Veja o exemplo:

Criar Campanha no Facebook - Passo 3

Exemplo de nome de anúncio dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

A próxima etapa é definir a página onde você quer que seu anúncio seja veiculado. Mais um ponto simples a ser escolhido! Como você pode ver na imagem abaixo, nada assustador.

Criar Campanha no Facebook - Passo 3.1

Exemplo de escolha de página dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

A próxima tarefa é escolher a estrutura do anúncio, ou seja, se será vídeo, imagem ou uma mini apresentação multmídia! Confira como deve aparecer para você:

Criar Campanha no Facebook - Passo 3.2

Exemplo de escolha de estrutura dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

Cansou? Calma, só falta mais dois ajustes e seu anúncio está pronto para ir ao ar! O primeiro deles que é a definição sobre qual mídia será usada em seu anúncio, isto é, qual arquivo em específico você irá veicular. O famoso criativo! Basta selecionar o tipo e depois o arquivo como mostra a imagem:

Exemplo de escolha de mídia dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

Ufa, chegamos à última etapa da criação de uma campanha de Facebook Ads! A única coisa que resta a ser escolhida é a legenda para o anúncio. Depois que você escrevê-la, poderá ver do lado direito uma pré-visualização do seu anúncio! Confira:

x

Exemplo de criação de texto para legenda dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

Viu só como foi fácil? Nem doeu! Agora depois de criar seu anúncio vem a parte mais importante, a análise de resultados. Veja como fazer!

Como medir os resultados das campanhas?

Outra grande vantagem do Facebook Ads é o Facebook Insights. Ele permite medir a efetividade das suas campanhas, analisando a performance de cada um dos seus anúncios e fazendo possível a verificação dos erros e acertos de cada um.

Saiba como mensurar e otimizar os canais de Marketing Digital

Por meio dessa ferramenta, é possível encontrar dados sobre os usuários — como consumo e os seus costumes —, o que favorece o planejamento de ações e a criação de campanhas que sejam mais assertivas e adequadas de acordo com cada objetivo.

Imagine, por exemplo, uma empresa de refrigerantes que tem diferentes tipos de personas consumindo o seu produto. Com base nessas informações, ela consegue identificar o melhor horário para realizar suas publicações, além, é claro, de definir a frequência e o tipo de linguagem necessárias para cada público.

Quais são os termos que você precisa conhecer antes de invesgtir em Facebook Ads?

Quando falamos sobre o Facebook, alguns termos já devem ser bem familiares, como o feed de notícias — que é onde praticamente todas as ações de interações acontecem, como curtidas e compartilhamentos — ou as famosas fanpages, que são páginas criadas com o intuito de estabelecer a comunicação com os fãs.

Dica: O que são love brands e o que você pode aprender com elas

No entanto, quando falamos sobre as campanhas no Facebook, é impossível deixar de citar alguns conceitos, como:

ROAS (Return on Advertising Spend)

Conhecida como o retorno sobre o investimento publicitário, essa é uma das métricas mais conhecidas dentro das campanhas no Facebook. Com ela, é possível medir o retorno sobre os gastos com os anúncios de compras no site.

Seu cálculo é bem simples e é feito dividindo o retorno conseguido por meio dos anúncios pelos custos dos mesmos.

Veja um exemplo de como calcular o ROAS de anúncios feitos no Facebook:

Se você gastou R$ 100 em publicidade e sua empresa recebeu R$ 500 nas vendas geradas por eles, por exemplo, o seu ROAS será de 5 — ou seja, a cada real gasto, são recebidos 5 em retorno.

Custo Por Clique (CPC)

O CPC no Facebook segue o mesmo parâmetro dos demais anúncios realizados de forma online e paga por cada clique realizado. A conta é bem simples: basta dividir o custo total do anúncio pelo total de cliques.

Dica: Orçamento de marketing em redes sociais: quanto e como investir?

Veja como calcular o CPC de campanhas de Facebook ADS:

Por exemplo, se você publicou um anúncio de um produto com custo total de R$ 500 e teve 500 cliques durante o período de sua veiculação, logo, cada clique custará apenas R$ 1.

Custo por Mil (CPM)

O CPM, ou custo por mil, segue uma lógica bem próxima do que é feito no CPC. Ele é mensurado com base na média paga para cada mil impressões do seu anúncio.

Saiba como calcular o CPM de campanhas feitas no Facebook:

Se você publicou um anúncio com CPM de R$20,00 e ele gerou 7,5 mil impressões, o preço total da ação será de R$ 150,00.

Pixel de conversão

Essa é uma ótima ferramenta para mensuração de resultados, uma vez que, por meio dela, é possível fazer o cálculo do número de visitas em uma página na internet, rastrear o número de conversões em uma landing page ou até mesmo utilizá-lo em campanhas de retargerting, por exemplo.

Dica: Afinal, vale a pena anunciar no Facebook? Descubra!

De forma geral, o pixel de conversão é uma espécie de código inserido em algum tipo de peça criativa, como um banner. Com isso, todas as vezes que o anúncio criado levar o usuário para outra página — como um e-commerce —, é possível realizar a identificação. 

Outro ponto importante é que, após a obtenção dessas informações, pode ser feita a segmentação dos anúncios de forma precisa, o que faz com que o uso dos recursos seja otimizado.

Viu só como criar uma campanha no Facebook é uma ótima estratégia para alavancar os seus negócios? Que tal saber um pouco mais sobre essa poderosa rede social? Então, baixe o nosso e-book "Guia completo de Facebook para empresas" e veja como obter uma audiência maior, promovendo o envolvimento das pessoas com a sua marca.




Por
31/03/2019

Profissional com mais de 12 anos de experiência, responsável pelas estratégias de marketing dos clientes da Orgânica.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!