Diferenças entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo


Guilherme de Bortoli

Por   

 27/04/2022 

Com 19 anos de experiência, é especialista em estratégias digitais, do marketing ao software.

Estou aqui para esclarecer uma confusão nada incomum! Então antes de começarmos, eu preciso saber: você já reparou por que Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo não são a mesma coisa?

Apesar de parecerem — por quase sempre serem usados em conjunto —, o Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo são dois conceitos distintos, e essa confusão tem sua raiz na educação do nosso mercado que, durante um bom tempo, acreditou que já estaria colocando o Inbound Marketing em prática ao simplesmente produzir conteúdo.

Para que eu consiga esclarecer melhor todas as diferenças, convido você para me acompanhar até o final! Vamos nessa?

O manual definitivo do Inbound Marketing

O que é Inbound Marketing?

O Inbound Marketing é uma estratégia de Marketing Digital que articula todas as ferramentas do digital com o objetivo de atrair leads mais qualificados para o seu negócio. Ele atua através de quatro etapas fundamentais: Atrair, Converter, Vender e Encantar.

As etapas do Inbound Marketing

Mas como ocorre essa atração?

Para atrair leads qualificados, o Inbound Marketing usa os interesses desses leads em uma estratégia de produção e distribuição de conteúdo nos principais canais de Marketing Digital.

Por exemplo: imagine que você está no Pinterest buscando inspirações de ambientes para sua sala e uma das publicações chama sua atenção. Imagine também que, depois de consumir esse conteúdo, você passou a cogitar a contratação de um arquiteto para decorar seu apartamento.

O autor da publicação é um escritório de arquitetura que utilizou a estratégia de Inbound Marketing aplicada a redes sociais para atrair você no momento certo, segundo os seus interesses, e no lugar certo. Além disso, esse escritório passou a ser sua referência no assunto.

Dessa forma, o Inbound Marketing não apenas trabalha todas as etapas do funil de vendas, mas também constrói um relacionamento entre a sua marca e seu cliente — antes mesmo de ele virar cliente de fato. Parece ótimo, não é?

Funil de Marketing, Vendas e Retenção

Funil de Marketing, Vendas e Retenção!

Dica: Quais são as etapas do Inbound Marketing? Conheça agora!

O que é Marketing de Conteúdo?

O Marketing de Conteúdo é uma das principais estratégias dentro do Inbound Marketing, na qual uma marca produz conteúdos relevantes, úteis e atraentes com o intuito de educar o mercado, informar, entreter ou convencer seu potencial cliente a fazer negócio.

Por exemplo: digamos que você está comprando os móveis da sua sala, precisa decidir entre MDP e MDF e, para isso, faz uma busca no Google sobre qual desses dois materiais tem melhor qualidade.

Em questão de minutos, além de entender a diferença dos materiais, você já começa a cogitar fazer seus móveis planejados. Nesse caso, você consumiu um conteúdo que provavelmente faz parte da estratégia de Inbound Marketing de uma empresa, que utilizou o Marketing de Conteúdo como uma forma de educar você — potencial cliente — quanto à qualidade dos produtos dela.

Como tudo isso também acontece no Inbound Marketing, é muito comum que o Marketing de Conteúdo seja uma das principais estratégias usadas nele, causando uma confusão! Para acabar com ela de uma vez por todas, continue lendo:

Qual a principal diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo?

Em poucas palavras, podemos dizer que essa é a principal diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo:

  • O Inbound Marketing é uma estratégia de Marketing Digital;
  • Nessa estratégia, podem ser utilizados vários canais, atividades e também outras estratégias de Marketing Digital;
  • O Marketing de Conteúdo, por si só, é uma dessas estratégias que compõem o Inbound Marketing.

Normalmente, o Marketing de Conteúdo é desenvolvido através dos blogs, usados como fonte de informação e de geração de valor para o visitante.

Marketing de Conteúdo: os segredos para atrair e engajar sua audiência

Já o Inbound Marketing é o conjunto de todas as outras atividades estratégicas que a empresa coloca em prática e que vai além do conteúdo em si. Alguns exemplos dessas atividades são:

  • Gerar tráfego através de um blog, atraindo cada vez mais visitantes;
  • Transformar os visitantes em leads a partir de materiais ricos, oferecidos em landing pages;
  • Nutrir esses leads, desenvolvendo um relacionamento mais próximo com eles por e-mail;
  • Enviar sequências de e-mail marketing, que conduzem os leads a fazer uma levantada de mão ou uma compra através de um e-commerce.

Como podemos ver, enquanto o Marketing de Conteúdo se preocupa em oferecer conteúdos de valor para atrair visitantes, o Inbound Marketing propõe ações para não só atrair, mas transformar esses visitantes em leads e nutri-los até que se tornem clientes.

Dica: Leads: o que são, como gerá-los e nutri-los?

Como o Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo se relacionam?

Marketing Digital em buscadores

No Marketing Digital em buscadores, o conteúdo é fundamental para que a sua empresa seja encontrada pelo seu público.

O Marketing de Conteúdo, então, precisa se aliar à estratégia de SEO para que os algoritmos do Google possam classificar o seu conteúdo entre os primeiros resultados das páginas de pesquisa. Essa união já começa a configurar uma estratégia de Inbound Marketing.

Sem esse trabalho conjunto, você corre o risco de não ser encontrado, nem atrair a atenção de mais visitantes e gerar valor para eles. Por consequência, não há geração de leads qualificados nem de vendas!

Nutrição de leads

O objetivo da nutrição de leads é guiar seu potencial cliente através do funil de vendas até que ele efetue uma compra. Isso pode ocorrer através de diferentes canais como e-mail, WhatsApp, ligação, etc.

Nesse caminho, o Marketing de Conteúdo também deve atuar na nutrição de leads dentro do Inbound Marketing para que seja possível capturar a atenção do seu lead e conseguir guiá-lo da melhor forma até o fundo do funil.

Automação de Marketing e E-mail Marketing

A automação de marketing e o e-mail marketing também atuam de forma bastante semelhante à nutrição de leads.

Ou seja, o conteúdo do e-mail é o que irá fazer com que seu potencial cliente avance até o fim do funil, mas é preciso ter um bom mapeamento do estágio dele dentro do funil de Inbound Marketing da sua empresa. Caso contrário, o sucesso dessas ações pode ser comprometido.

Dica: Como vender mais com Inbound Marketing?

Se você já trabalha com Marketing de Conteúdo na sua empresa, meus parabéns! Esse já é um ótimo primeiro passo e mostra que você provavelmente já está à frente dos seus concorrentes.

Mesmo assim, é preciso aproveitar todas as potencialidades comerciais dessa estratégia e, para isso, é interessante agregar o Inbound Marketing. Caso contrário, você corre o risco de ficar só na geração de tráfego e na ótima indexação com seu conteúdo, mas não gerar leads que se tornem vendas.

O Marketing de Conteúdo atrelado ao Inbound Marketing é uma forma de obter melhores resultados de atração e conversão de leads e clientes. Por isso, se você já produz conteúdo, seu próximo passo deve ser entender o que fazer com esse público.

Aqui na Orgânica Digital, nós somos especialistas em estratégias de Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo e podemos  ajudar você nessa missão. Se o que você quer é ter uma estratégia de Inbound Marketing que dê resultados, antes de tudo, solicite nosso Diagnóstico de Marketing Digital Gratuito para saber por onde começar!

Atendimento comercial da Orgânica



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!