Inbound Marketing no Facebook: 6 dicas para aplicar!


Guilherme de Bortoli

Por   

 05/05/2022 

Com 19 anos de experiência, é especialista em estratégias digitais, do marketing ao software.

Você está procurando formas de aumentar as vendas da sua empresa? Se a resposta é sim, saiba que o Inbound Marketing pode ser a melhor solução!

Ao contrário do marketing tradicional ou do Outbound Marketing, no Inbound Marketing, você apresenta razões para que o cliente venha até você.

Ou seja, a sua empresa não precisa gastar tempo e dinheiro investindo em propagandas para pessoas que talvez não tenham interesse no seu produto ou serviço, nem fazendo ligações ou enviando e-mails para pessoas igualmente desinteressadas.

Como se não bastasse, além disso, o Inbound Marketing possibilita mensurar todas as ações realizadas — como quantas pessoas visualizaram determinado conteúdo, qual foi a taxa de clique, a taxa de conversão, etc.

De modo geral, com todas as análises em mãos, é possível otimizar essas ações em busca de um melhor retorno sobre o investimento (ROI) em Marketing Digital.

Pensando em tudo isso, organizei seis dicas simples, mas muito eficientes sobre o uso do Inbound Marketing no Facebook. Me acompanhe!

Guia prático: como usar as redes sociais para construir a imagem da sua empresa

Antes de tudo, saiba o que é Inbound Marketing!

O Inbound Marketing nada mais é do que uma estratégia de Marketing Digital totalmente focada em atração, relacionamento, vendas e encantamento do consumidor.

As Etapas do Inbound Marketing

Para isso, ele é composto por um conjunto de outras estratégias de Marketing Digital que, de início, contribuem com a criação de conteúdos e a distribuição deles, entendendo as necessidades do público-alvo e criando as condições perfeitas para que se aproxime da empresa.

Dica: Qual o significado de Inbound Marketing? Entenda agora!

Por que fazer Inbound Marketing no Facebook?

Não é por acaso que o Facebook está entre as maiores empresas de tecnologia do mundo — juntamente com a Amazon, Apple e Google — e não importa quantas novas redes sociais surgem, o Facebook se mantém como uma das mais usadas no mundo:

De acordo com a própria empresa, o Facebook tem cerca de 1,9 bilhões de usuários ativos todos os dias!

Usuários diários do Facebook
 

Só por esse motivo, já fica clara a importância de fazer Inbound Marketing no Facebook. Certo? Mas se ainda não foi suficiente, outros dados recentes podem convencer você sobre por que investir nessa rede social:

  • Mais da metade (cerca de 60%) de todas as pessoas na Internet usam o Facebook;
  • Cada usuário acessa o Facebook, em média, 8 vezes por dia;
  • A cada minuto, são criadas aproximadamente 400 novas contas;
  • Também por minuto, há 4 milhões de curtidas — e por aí vai.

Será que vale a pena investir nessa rede social ou não?! Eu diria que a probabilidade do seu público estar no Facebook é altíssima!

Diante disso tudo, é preciso entender como funciona a dinâmica desse canal — que, pelo que você pôde perceber, é um dos mais importantes canais de Marketing Digital —, principalmente se você costuma trabalhar com acessos orgânicos, que não fazem uso de anúncios, por exemplo.

Então para que todas as suas publicações apareçam para as pessoas certas, é preciso entender quais são os fatores que influenciam na performance dos conteúdos no Facebook. São eles:

Quem postou?

Já percebeu que, ao visualizar os conteúdos de uma determinada pessoa, logo ela começa a aparecer mais vezes para você? Saiba que o algoritmo do Facebook é que está atuando por trás disso!

Nesse sentido, o Facebook também dá maior prioridade aos perfis que você mais interage e troca mensagens. Observe!

Quando postou?

Sem muito mistério aqui: quanto mais recente for a sua publicação, maior a probabilidade de as pessoas online naquele momento visualizá-la.

Por isso, é interessante saber quais são os horários que o seu público está no Facebook, afinal, a ideia é impactá-lo com seu conteúdo!

Dica: Aprenda a criar a campanha de Facebook Ads dos seus sonhos

Tipo de conteúdo

O algoritmo do Facebook sabe exatamente quais assuntos mantêm a atenção das pessoas por mais tempo. Assim, as publicações são organizadas com base no tipo de conteúdo que cada pessoa mais interage.

Imagine alguém que goste de entrar no Facebook principalmente para passar o tempo com conteúdos mais leves e divertidos. Como essa pessoa acaba interagindo mais com memes e vídeos de comédia, por exemplo, esses são os tipos de conteúdo que aparecerão como prioridade para ela. 

Agora, no caso de alguém que use bastante o Facebook para se informar, compartilhar e discutir sobre assuntos mais polêmicos e complexos, essa pessoa provavelmente se sente mais engajada com conteúdos do tipo “textões”. Por isso, serão esses os tipos de conteúdos mais presentes, quando ela estiver pelo Facebook.

Aí fica clara a importância de conhecer o tipo de conteúdo que mais atrai e engaja a sua persona: esse cuidado com a personalização, na hora de planejar a produção e a distribuição dos seus conteúdos, pode fazer muita diferença nos resultados da sua estratégia!

Engajamento com o conteúdo

Sabe aquele conteúdo que todo mundo curte, comenta e marca outras pessoas? É nele que o Facebook foca. Por isso, ele faz com que se mantenha aparecendo para as pessoas durante um tempo maior.

E além de todas as características do Facebook já mencionadas até aqui, há uma em especial, que merece ainda mais destaque: a existência das comunidades!

Só para você ter uma ideia, 90% das trocas de mensagens online ligadas a produtos ou serviços bancários acontecem em comunidades. Há diversas no Facebook, em que as marcas podem tirar proveito para aprimorar a sua imagem por meio de insights, debates ou, até mesmo, para ouvir mais de perto os interesses do público.

Pense comigo: se uma empresa tem voz ativa dentro de uma comunidade, ela consegue atrair o olhar atento de muitos consumidores, cujas dores podem ser resolvidas com as soluções disponibilizadas por essa empresa!

Então, sempre que for possível, você ainda pode investir em mídia paga para fortalecer cada vez mais o seu alcance e, por consequência, seu engajamento — já que nem sempre as pessoas que seguem a sua página conseguirão ver o seu conteúdo de forma orgânica.

Mídia paga e mídia orgânica: guia para conciliar as duas

Como fazer Inbound Marketing no Facebook? 

Assim como em qualquer outro canal, se você negligenciar o planejamento da sua estratégia de Inbound Marketing no Facebook, será como dirigir um carro sem ter uma visão clara do para-brisa.

Em outras palavras: a sua empresa pode não chegar aonde quer e, ainda, ter muitas dificuldades no caminho! Então confira seis dicas sobre como fazer Inbound Marketing no Facebook:

1. Defina a sua persona

A persona é a representação do seu cliente ideal. Desse modo, ela é a união de comportamentos, características demográficas e pessoais, assim como objetivos, preocupações e desafios enfrentados por ela no dia a dia. 

Em uma estratégia de Inbound Marketing, definir a persona com clareza e precisão ajuda sua empresa a:

  • Encontrar o tom de voz da sua marca;
  • Definir quais são os melhores tipos conteúdos para alcançar seus objetivos;
  • Determinar o planejamento de conteúdo — para falar exatamente o que a sua persona precisa ouvir.

Jornada de compra: guia completo para criar a da sua buyer persona

2. Explore vários formatos de conteúdo

O Facebook dispõe de alguns formatos de conteúdo:

  • Fotos;
  • Carrosséis;
  • Vídeos;
  • Textos;
  • Lives;
  • Stories.

E, para cada um deles, há uma abordagem diferente que pode ser usada para atrair a atenção da sua persona:

Carrosséis

Muitas pessoas têm problemas para os quais buscam soluções e, com esse tipo de conteúdo, você não só ajuda elas, como também pode aumentar seu alcance e engajamento, apresentando dicas rápidas ou pequenos tutoriais.

Vídeos

Só na última semana, você sabe dizer quantos vídeos assistiu? Esse formato de conteúdo está tomando conta da Internet e eu vou mostrar agora o porquê:

  • As pessoas assistem, em média, 16 horas de vídeo online por semana, o que corresponde a um aumento de 52% nos últimos dois anos;
  • Os vídeos representarão 82% de todo o tráfego da Internet até o final de 2022;
  • As pessoas têm duas vezes mais chances de compartilhar conteúdo em vídeo em comparação a qualquer outro tipo de conteúdo;
  • 64% dos consumidores fazem uma compra depois de assistir a vídeos de uma marca;
  • Menos de 5% das empresas usam anúncios em vídeo no Facebook (está aí uma grande oportunidade para aquelas que desejam se destacar!).

Para atrair a atenção da sua persona com vídeos, capriche nos três primeiros segundos , porque eles são decisivos para mantê-la assistindo até o final!

Independentemente dos formatos de conteúdo, também não deixe de aplicar as técnicas de storytelling, além das dicas a seguir:

3. Use hashtags

À primeira vista, muitas pessoas ignoram, mas as hashtags aumentam o alcance dos conteúdos, possibilitando que sejam vistos por mais pessoas e, inclusive, aquelas que estão prontas para comprar seu produto ou serviço.

Para isso, é essencial que você pesquise quais são as melhores palavras-chave do seu negócio — que podem ser encontradas em ferramentas como o SEMrush e o Google Keyword Planner — para utilizar apenas as hashtags mais relevantes nos seus conteúdos. Nesse caso, menos é mais!

Engajamento de hashtags no Facebook
 

Dica: As 10 melhores ferramentas de palavras-chave + 1 presente

4. Interaja com a audiência

Sempre que as pessoas interagem com conteúdos, elas esperam ser respondidas e, a partir do momento que você conhece sua persona, fica mais fácil adequar toda a sua comunicação. Algumas dicas são:

  • Responder a todos os comentários e mensagens — e o quanto antes possível;
  • Esclarecer dúvidas com objetividade;
  • Manter o tom de voz da sua marca;
  • Citar o nome das pessoas;
  • Agradecer pela interação, seja negativa ou positiva.

Marketing de Conteúdo: os segredos para atrair e engajar sua audiência

5. Anuncie no Facebook Ads

Com o Facebook Ads, é possível criar anúncios dentro do Facebook para promover uma marca, produto ou serviço.

Como gostamos de falar e repetir aqui na Orgânica: o contexto é muito importante. Para anunciar no Facebook, sempre devem ser considerados os objetivos e as necessidades de cada empresa para definir o orçamento da campanha e acompanhar os resultados.

6. Fique de olho nas métricas e indicadores

Ao acompanhar as métricas e indicadores, será mais fácil alinhar a estratégia dos conteúdos, definindo metas e mensurando a performance do seu negócio no mercado.

Dica: Indicadores e métricas de Marketing Digital: saiba como usar

Inbound Marketing é com a Orgânica!

Se você chegou até aqui, certamente já entendeu a importância de utilizar o Facebook na estratégia de Inbound Marketing.

Provavelmente, você também já chegou à conclusão de que esse trabalho deve ser realizado por profissionais competentes e experientes, para que a sua empresa aproveite ao máximo as vantagens do Marketing Digital e tenha crescimento em vendas!

Nós, da Orgânica Digital, somamos mais de 15 anos de experiência e contamos com uma equipe qualificada para desenvolver ações que irão transformar a sua empresa em uma protagonista do mundo digital.

Quer atingir esse patamar? Então dê o primeiro passo realizando nosso diagnóstico de Marketing Digital — totalmente gratuito!

Atendimento comercial da Orgânica



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!