Curso de Inbound Marketing: aprenda de graça com a Orgânica


Guilherme de Bortoli

Por   

 19/01/2022 

Com 19 anos de experiência, é especialista em estratégias digitais, do marketing ao software.

E aí, beleza? Aqui quem fala é o Guilherme!

Talvez você nunca tenha pensado nisso antes e a resposta para esta pergunta exija uma certa reflexão, mas, mesmo assim, não vou deixar de perguntar:

Quanto vale o seu tempo?

Eu, por exemplo, passei a valorizar mais o meu tempo em função do nascimento da minha primeira filha.

Durante muitos anos, eu levantava às 6h, já começava a trabalhar em casa e, depois de voltar do trabalho, ia até às 23h. Às vezes, passava a noite sem dormir para entregar uma meta no dia seguinte. Era muito tempo trabalhando e eu estava acostumado a ter esse tipo de vida. Para mim, viver era isso — simples assim!

O maior problema nisso tudo é que, trabalhando mais de 15h por dia, em muitos momentos, eu estava apenas me ocupando. Demorei bons anos para entender isso, mas hoje sei que, na verdade, é preciso aprender a produzir resultado.

Afinal, diante da nossa única certeza na vida — de que um dia vamos morrer —, o tempo é a moeda mais valiosa que existe. Quem não gostaria de viver muito mais do que 100 anos, poder conhecer o mundo inteiro, ver os filhos, netos e bisnetos crescerem?!

Mas não é bem assim que funciona, né? Quando passou, passou, e nós não temos como recuperar o tempo perdido.

Então a partir do ponto em que eu entendi que precisava fazer mais em menos, essa passou a ser a minha grande busca. Tudo que eu fazia era pensando na quantidade de horas que estava perdendo sem a companhia da minha filha: talvez fosse o momento em que ela desse os primeiros passos, talvez fosse o dia em que ela falasse “papai” pela primeira vez.

Por mais dolorosa que essa forma de pensar possa parecer, eu definitivamente comecei a valorizar meu tempo e a ganhar mais tempo assim.

E as pessoas que performam alto, que têm uma vida muito boa, sabem disso: o que vale, no final de todas as contas, é o resultado que está sendo entregue. Por consequência, as horas investidas em trabalho não são revertidas em mais e mais trabalho, mas sim em tempo de qualidade. Essa é a grande chave não só do meu crescimento, como também pode ser a chave do seu!

Por isso, pergunto novamente a você: quanto vale o seu tempo?

Não só na vida, como também no marketing, o tempo é a moeda mais valiosa de todas. Diante do desafio de transformar segundos em minutos, minutos em horas, e horas em uma relação para a vida toda, o Inbound Marketing vem sendo cada vez mais fundamental para estar à frente da concorrência, se tornar a melhor opção para os clientes e, dessa forma, fidelizá-los.

Manual do Inbound Marketing

Então, trazendo para esse mundo, a pergunta é igualmente válida: você está, de fato, alcançando mais clientes e cultivando uma relação de confiança com eles, que perdure ao passar do tempo?

Nesse sentido, nós também não podemos negar que, de inúmeras formas, tempo é dinheiro.

E, se assim como eu, você tiver uma comunicação direcionada ao seu público-alvo através do Marketing Digital, você consegue não só perpetuar as suas opiniões, mas ter conteúdos trabalhando por você automaticamente, 24h por dia, 7 dias por semana, multiplicando seu tempo e gerando resultados.

Agora que estamos alinhados quanto à importância do nosso tempo, do foco em resultado e da necessidade da comunicação da sua empresa ir além de apenas comunicar, podemos partir para o que realmente interessa.

Aqui, eu reuni de graça todo o meu conhecimento sobre Inbound Marketing e este conteúdo está, literalmente, valendo por um curso. Ao longo dele, vou direcionar tudo que é preciso aprender, conduzindo você através de vídeos e materiais complementares — afinal, eu é que não quero ser motivo para a sua perda de tempo. Vamos nessa?

O que é Inbound Marketing?

Ainda que o termo Inbound Marketing possa não ser tão familiar para você, a ideia que deu origem a ele certamente é. Quer ver?

Um exemplo disso é o costume — que eu ouso dizer que você também tem — de ir sempre nas mesmas lojas para comprar com os mesmos vendedores. É bem provável que você seja amigo de alguns deles, procurando-os quando precisa trocar de carro, comprar móveis novos ou, até mesmo, um presente.

Essa relação não surge da noite para o dia, mas acontece ao longo do tempo, durante aquelas conversas de balcão despretensiosas sobre as novidades, o último jogo do seu time de futebol, um vídeo engraçado que recebeu…

À medida que o tempo passa, aquele vendedor que chama você pelo nome, não por um número ou uma senha, se torna referência quando você tem qualquer necessidade. Da mesma forma, ele passa a atrair e fidelizar outros clientes por simplesmente ser interessante, não por ser insistente.

Basicamente, essa é a ideia do Inbound Marketing! Um modo único de oferecer produtos e serviços por meio de um relacionamento que agrega valor, estabelecendo autoridade à marca ao torná-la uma referência na mente das pessoas.

Eu sou tão fã do assunto, que não posso deixar de recomendar para você o vídeo abaixo. Basta assisti-lo para entender o que é Inbound Marketing mais profundamente:

Por que o Inbound Marketing é importante?

“Em terra de cego, quem tem um olho é rei”. Se você nunca ouviu esse ditado popular antes, resumidamente, podemos extrair dele a lição de que um conhecimento diferente ou "a mais" pode ser muito vantajoso.

Para exemplificar, desde a chegada da pandemia do coronavírus (COVID-19) no Brasil, enquanto mais de 700 mil empresas precisaram fechar as portas, muitas outras tiveram que perceber a importância da Internet e encontraram nela uma forma de continuarem abertas.

Ao mesmo tempo, aquelas empresas que já estavam presentes no digital apenas cresceram. Como este nosso cliente que, em comparação ao primeiro trimestre de 2019, cresceu 672% durante o mesmo período na pandemia:

crescimento do número de clientes da Orgânica

Já este outro cliente teve um crescimento de 44% nas suas receitas entre os dois primeiros trimestres do ano:

crescimento de receita de cliente da Orgânica

Parece bom, né?! A verdade é que eles já estavam prontos!

Mas muitos empresários justificam para mim que não avançaram no digital porque não entendiam nada, porque se sentiam desconfortáveis com a tecnologia, Internet, sistemas, etc. Os mesmos que, quando descobriram as vantagens do YouTube, resolveram aprender a lidar com o repulsivo computador ou, quando perceberam o quanto o WhatsApp melhora suas vidas, resolveram largar mão daquele Nokia cheio de botões e aprenderam a lidar com um smartphone, que antes dava medo...

Eu sempre defendi, e venho avisando há mais de 20 anos, que o digital não é uma alternativa. Isso me lembra um outro ditado popular, que fala sobre não colocarmos todos os ovos na mesma cesta. Os clientes estão e compram em vários locais, não é mesmo?

Então por que uma empresa precisa escolher apenas um?! Por que não estar presente no digital também?

Já que contra fatos não há argumentos, também saiba que, atualmente, 67% da jornada do cliente acontece na Internet. Além disso, dá só uma olhada:

Se você consegue, em uma reunião de 1h, encantar um cliente frente à frente, fazer com que ele esqueça todos os seus concorrentes e compre da sua empresa, por que não fazer um vídeo? Por que uma reunião por vez, e não várias pessoas assistindo você a cada minuto?!

Dica: O que o investimento em comunicação diz sobre o crescimento das empresas?

Existe esse caminho para conseguir estar em dois lugares ao mesmo tempo: ter vários conteúdos que resolvem uma porção de problemas do público, vendendo sua empresa sem você estar trabalhando. Já se deu conta disso?

Nessa mesma lógica, também é possível trabalhar com duas estratégias que muitas pessoas pensam que são concorrentes, mas que possuem benefícios complementares e, juntas, podem gerar ainda mais resultado: Inbound Marketing e Outbound Marketing. Aproveite o vídeo a seguir!

Soluções que o Inbound Marketing oferece para o seu negócio

A comunicação e o modo como as empresas se relacionam com seus clientes evoluiu, fazendo o marketing tradicional ceder espaço às novas formas de publicidade. Ainda que falar às grandes massas tenha seu valor, o desafio agora é aparecer para as pessoas certas, da forma certa e na hora certa — e é exatamente isso que o Inbound Marketing oferece.

Ao disponibilizar conteúdo relevante e de qualidade, essa estratégia atrai os clientes, conquista seu interesse e os guia para a compra, cultivando um relacionamento antes e depois das vendas.

À medida que os resultados aparecem, sua empresa constrói uma autoridade cada vez maior, ao mesmo tempo em que o CAC (Custo de Aquisição de Clientes) diminui devido ao fato do cliente ser atraído pelo seu conteúdo e chegar, já qualificado, nas mãos de seus vendedores. Além de encurtar o caminho até a decisão de compra, isso acaba otimizando as vendas. Ou seja: há um ganho de tempo para o cliente e para a empresa.

Todos saem ganhando com o Inbound Marketing, e você também pode aproveitar os seus benefícios aprendendo como iniciá-lo no vídeo abaixo, que fizemos em parceria com a Rock Content:

Por que aprender Inbound Marketing?

Como você já pôde perceber, não faltam vantagens para quem aplica o Inbound Marketing corretamente em sua empresa.

Se você é um profissional da área de marketing, aprender sobre essa estratégia é questão de sobrevivência, já que o mercado está mudando em uma velocidade nunca vista antes. Não é?

São milhares de pessoas que estudam sobre Marketing Digital todos os dias, mas quantas realmente poderão aproveitar as oportunidades profissionais? Em meio à competição acirrada pela atenção do cliente, apenas os mais bem preparados vão garantir seu espaço!

Além disso, outro motivo para aprender Inbound Marketing — que também já ficou claro — é a importância de atrair boas oportunidades de negócios para a empresa crescer de forma previsível e escalável, assim como fizemos para um de nossos clientes:

História de sucesso em Inbound Marketing

A estratégia aplicada pela Orgânica para uma das maiores vinícolas do Brasil, Famiglia Valduga, alcançou a incrível marca de 1783% de aumento em vendas. Sim, é isso mesmo: um aumento de 1783%!

Esse resultado não foi obtido com a abertura de novos centros de produção nem com a expansão de lojas pelo país, muito menos com investimentos exorbitantes em mídia paga, mas sim através do Marketing de Conteúdo, que cresceu o número de visitantes mensais de 500 para 293 mil!

crescimento de visitas ao site de cliente da Orgânica

Este é um exemplo de Inbound Marketing que me orgulho muito porque, para mim, representa o encontro da tradição com uma estratégia moderna, aliada a uma equipe altamente capacitada, que resultou não só em visibilidade, mas também em conversão!

Para saber todos os detalhes, acesse o banner:

case de sucesso Famiglia Valduga

Por onde começar a estudar o Inbound Marketing?

O fato de você ter me acompanhado até aqui já diz muito a seu respeito. Agora, chegou a hora de ir um pouco além!

Uma vez que você já tenha compreendido o que é Inbound Marketing, aproveite para aprofundar seu entendimento. Seguem abaixo, então, alguns dos principais assuntos a serem estudados por quem quer aprender sobre essa metodologia:

Jornada de Compra

Guia completo sobre a jornada de compra

Funil de Marketing e Vendas

Dica: O que é funil de vendas e como isso pode impactar no sucesso do seu negócio?

Persona

Processo para perfil ideal de cliente e persona

Marketing de Conteúdo

Marketing de Conteúdo: os segredos para atrair e engajar sua audiência

Dica: Planejamento de Marketing de Conteúdo: 14 dicas para criar o seu

Redes sociais

Guia prático: Como usar as redes sociais para construir a imagem da sua empresa

Customer Success

Guia prático sobre a cultura de Customer Success

Vendas

Se você deseja aprender ainda mais, acesse este outro conteúdo meu: Venda 600% mais seguindo (apenas) 11 passos, que com certeza levará você a um conhecimento ainda mais profundo.

Como fazer sua empresa vender seiscentos por cento a mais

Ah, nós ainda temos o Guia Completo sobre Inbound Marketing, que explica tudo sobre essa estratégia mais a fundo. Nele, você encontrará:

  • A relação entre Marketing de Permissão e Inbound Marketing;
  • As etapas do Inbound Marketing;
  • Dicas de Livros sobre Inbound Marketing;
  • E muito mais!

Também disponibilizamos outros diversos materiais em nossa Biblioteca Gratuita sobre Marketing, Vendas e Retenção. Aproveite!

Conclusão

O marketing deixou de ser, há muito tempo, um convidado indesejável que perturbava nossos momentos de lazer, seja interrompendo um filme na TV ou entre as músicas do rádio.

A mídia tradicional ainda tem o seu espaço? Certamente. No entanto, o desafio é mudar a forma como as pessoas enxergam o marketing: não mais como alguém que entra em nossa casa sem ser convidado, mas como alguém que é bem-vindo, que respeita nosso espaço e faz falta quando vai embora.

Quer que a Orgânica faça isso pelo Marketing Digital da sua empresa? Não perca tempo! Receba gratuitamente uma consultoria nossa através do banner abaixo:

Atendimento comercial da Orgânica



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!